Construindo Minha Casa Clean: Pão de Microondas Dukan! E seus muitos Benefícios!!!

Pão de Microondas Dukan! E seus muitos Benefícios!!!


Delicioso, rápido e muito saudável!!!


Chega de falar em construção, casa e decoração... agora vamos falar de comida! rsrs... e melhor de um alimento saudável, o pão nosso de cada dia!!
Descobri essa receita maravilhosa no Blog da Mimis, fiz, aprovei e vim correndo contar para vocês!
O bom que esse pão é perfeito para quem tem intolerância ao glúten, pois não vai farinha de trigo, que na verdade é um veneno, assim como o açúcar branco, os óleos e doces... quem quiser saber mais, olha esse post sobre os "Alimentos que aceleram o envelhecimento" aqui. Já troquei o açúcar branco, refinado ou cristal, pelo açúcar mascavo, fica uma delícia, seja no café ou no bolo... a farinha de trigo branca ou integral pela quinoa ou aveia, e os óleos de cozinha pelo azeite de oliva!! Não sou a favor de dietas e também não conhecia sobre a Dukan, mas importa que ela pode ser colocada sem problemas dentro da reeducação alimentar! Pois já faz um ano que estou no meu peso ideal, sem sofrimentos e dificuldades, graças a Deus, a reeducação alimentar e ao Pilates (quem perdeu veja o post sobre Pilates aqui)!! Hoje  gosto mais do que nunca de alimentos naturais, frutas, verduras e legumes e tenho um pouco de aversão aos doces e produtos industrializados, por mais que libero controladamente um pouco na semana ou no final de semana, sempre que sinto vontade! Mas antes eu não estava gorda, cheguei em alguns momentos até uns 10 kg acima do meu peso ideal (sobrepeso) e dai quem disse que conseguia perder, pois tinha gula por besteiras, em especial chocolate e doces e ainda não praticava exercícios físicos... só que hoje graças a Deus, estou me sentindo em forma e principalmente saudável! :D
Mas agora vamos aprender a receita e seus benefícios?!!


Receita do Pão de Microondas Dukan

Ingredientes
- 1 ovo
- 1 colher (sopa) de farinha ou flocos de quinoa (farelo ou flocos de aveia)
- 1 colher (sopa) de água ou iogurte natural
- 1 colher (café) de fermento em pó de bolo
- nem precisa de sal

Modo de Preparo
1. Junte todos os ingredientes dentro de uma xícara
2. Bata bem com a colher até a massa ficar homogênea
3. Coloque em uma pequena travessa
4. Leve ao microondas em potência máxima por 2 minutos e 20 segundos
5. Só tirar da travessa, cortar e preparar a seu gosto!
6. Eu coloquei margarina Becel pro-activ (que faz bem ao coração), creme de ricota (pode ser também a ricota normal ou melhor ainda o queijo cottage) - na imagem abaixo aparece queijo lanche porque eu estava sem a ricota em casa, tomate com orégano, alface com azeite de oliva. Levei para a torradeira para ficar o pão douradinho e tudo quentinho. 

Dica: Eu preparei a massa com quinoa em flocos e fermento Royal.

Passo 3

Passo 5

Passo 6

Passo 6

Passo 6... torrada!!!

Realmente ficou uma delícia, leve e muito saudável! 
Querem ver quantos benefícios para nossa saúde tem essa torrada?

Benefícios da Quinoa: Não é à toa que a quinoa vem ganhando espaço na mesa dos brasileiros. Considerada um dos alimentos mais completos em nutrientes pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e pela Organização das Nações Unidas, equiparando-se apenas ao leite materno, ela previne a osteoporose e o câncer de mama. "O grão tem a quantidade ideal de calorias, proteínas, gorduras e carboidratos", diz Jaime Amava Farfan, coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da Universidade Estadual de Campinas (SP). Além de grãos, a quinoa também é encontrada em forma de flocos ou farinha. Rica em fibras, a quinoa dá a sensação de estômago cheio, fazendo dela um auxiliar da dieta. E os fitoestrogênios, substâncias naturais que "imitam" a ação do estrogênio no organismo, ainda combatem os sintomas da TPM e da menopausa. O grão pode ser misturado em sopas, saladas, sucos, risotos, pães, bolos e tortas. Se for consumir em forma de flocos, polvilhe no iogurte, em vitaminas e na salada de frutas. Já a farinha de quinoa pode ser usada como base para pães, pudins, mingaus e biscoitos. Outros benefícios da quinoa para a saúde da mulher são: regular o intestino; aumentar a disposição; retardar o envelhecimento; recuperar as fibras musculares; controlar os níveis de colesterol, glicemia e triglicérides no sangue; combater a anemia, problemas urinários e doenças do fígado; além de prevenir a osteoporose, câncer de mama, doenças do coração e outras alterações decorrentes da carência de estrogênio na menopausa. Fonte

Benefícios da Aveia: A aveia é um cereal rico em fibras que contém proteínas, vitaminas, ácidos graxos insaturados e minerais, é um alimento funcional, isto é, possui um composto bioativo a betaglucana, tendo a capacidade antioxidante, que previne o aparecimento de doenças. Consumir aveia todos os dias, preferencialmente no café da manhã, ajuda o corpo a repor as energias durante o resto do dia e auxilia na prevenção e controle de algumas doenças: Regulação da função intestinal: a aveia contribui para o equilíbrio do intestino; Controle do peso: devido as fibras da aveia, o estômago precisa de mais tempo para a digestibilidade, dando a sensação de saciedade; Controle da diabetes e hiperglicemia: mantém a glicemia no sangue, evitando a hiperglicemia; Controle do colesterol: diminuição do mau colesterol (LDL); Existem diferenças nos tipos de aveia com relação ao teor de fibras, o farelo é o que contém mais fibras, seguido da aveia em flocos e depois a aveia fina. Mas como todo o alimento seu consumo deve ser moderado, e consumido conforme as necessidades recomendadas. A quantidade necessária por dia é de 1 a 2 colheres de sopa (30 à 40g). Fonte

Benefícios do ovo: Não, hoje não existe recomendação para limitar o consumo de ovos para pessoas saudáveis. O ovo contém quantidades muito baixas de gorduras saturadas ( 1,5g das 5,5g de gorduras insaturadas). A Associação Americana de Cardiologistas (American Heart Association) corrigiu as suas recomendações para consumo de ovos! “ Não existe uma recomendação específica da quantidade de gemas que uma pessoa deve consumir por semana”. - Possuem um alto valor nutricional. Um ovo tem 13 nutrientes essenciais em quantidades variadas necessários para o bom funcionamento do organismo, incluindo proteínas de alto valor biológico, colina, ácido fólico, ferro, zinco. Tudo isso por apenas 75 calorias. Ovos são importantes para as dietas de emagrecimento, força muscular, funcionamento do cérebro, a saúde dos olhos e muito mais. Um ovo grande contém 6g de proteínas, quase metade delas está na gema. Tem 4,5 g de gorduras (7% das necessidades diárias), somente um terço desta é gordura saturada. Não contém gordura trans. - Controle de peso: Proteínas de alta qualidade dos ovos contribuem para a sensação de saciedade prolongada e para manter a energia do organismo. Manutenção da força muscular e redução da perda de massa muscular: Pesquisas indicam que proteínas de alta qualidade produzem força muscular e ajudam a prevenir a perda de massa muscular em pessoas idosas. - Gestação saudável: A gema do ovo é excelente fonte de colina, um nutriente essencial que contribui para o desenvolvimento do sistema nervoso central do feto, importante para a prevenção de anomalias fetais. Dois ovos provêem cerca de 250 miligramas de colina, ou seja metade das necessidades diárias para uma mulher gestante ou amamentando. - Função cerebral: A Colina também é muito importante para a função cerebral em adultos, mantendo a estrutura das membranas celulares. É componente chave para a neuro-transmissão, que é responsável por transmitir as “mensagens” do cérebro através dos nervos para os músculos. - Saúde da visão: Luteína e Zeaxantina, dois anti-oxidantes encontrados no ovo, ajudam a prevenir a degeneração macular, que é a causa principal da cegueira dos idosos. Apesar de possuir quantidade pequena dos dois nutrientes, pesquisas demonstram que a luteína dos ovos é mais bio-disponível que a luteína de outros alimentos. Fonte

Benefícios da margarina Becel pro-activ: As dislipidemias são anormalidades do colesterol total e suas frações. A ingestão regular de fitoesterois pode ser útil no combate das dislipidemias. Fitoesterois são substâncias semelhantes ao colesterol e encontradas em vegetais. São pouco absorvidas pelo intestino e competem com o colesterol, contribuindo para que este seja menos absorvido e, desta forma, auxiliam na redução dos níveis de colesterol total no sangue. As principais fontes de fitoesterois são alimentos de origem vegetal como nozes, semente de girassol, soja, canola, trigo, milho, feijões, abacate, legumes e verduras. Também são encontrados, comercialmente, enriquecendo produtos como cremes vegetais, iogurtes e leite. Todos estes produtos podem ser considerados alimentos funcionais devido aos benefícios da ação dos fitoesterois na prevenção de problemas cardíacos. Os fitosterois são encontrados apenas nos vegetais e desempenham funções estruturais análogas ao colesterol em tecidos animais. O β-sitosterol, extraído dos óleos vegetais é o principal fitosterol encontrado nos alimentos. Reduzem os níveis de colesterol por competirem com a absorção do colesterol da luz intestinal. Uma dieta balanceada com quantidades adequadas de vegetais fornece aproximadamente 200 a 400mg de fitosterois e os níveis sanguíneos variam de 0,3 a 1,7 mg/dL.No entanto, é necessária a ingestão de 2 gramas por dia de fitosterois para a redução média de 10-15% do LDL-C (colesterol "ruim"). Os fitosterois não influenciam os níveis plasmáticos de HDL-C (colesterol "bom") e de triglicerídeos. A ingestão de até 3 gramas por dia de fitosterois pode ser utilizada como adjuvante ao tratamento hipolipemiante. Existe uma marca de margarina que é enriquecida com fitoesterois, chamada de Becel pro-activ.A quantidade de Becel pro-activ recomendada é de 20 gramas por dia. Isso equivale a 2 colheres de sopa de Becel pro-activ, a qual pode ser espalhada no pão ou na torrada. Fonte

Benefícios do Tomate: O Tomate é útil no controle do colesterol: Fonte muito baixa em calorias e gorduras, mas rica em fibras alimentares, minerais, vitaminas, recomendado no controle de colesterol e os programas de redução de peso. O Tomate é rico em vitamina C: O Tomate é uma boa fonte de vitamina C; o consumo de alimentos ricos em vitamina C ajuda o corpo a desenvolver resistência contra agentes infecciosos e varrer os radicais livres prejudiciais. O Tomate é rico em Licopeno: O licopeno ajuda a proteger não só contra o cancro da próstata, mas também de mama, do pâncreas e do intestino, principalmente quando consumido com alimentos ricos em gordura, como abacate, azeite de oliva ou castanhas. (Isto é porque os carotenoides são lipossolúveis, ou seja, eles são absorvidos pelo organismo junto com as gorduras). O Tomate promove a saúde da próstata: Uma dieta saudável de alimentos ricos em tomate ajuda na prevenção do cancro de próstata. Isso deve-se ao fato de que o tomate contém não apenas licopeno, mas uma variedade de fitonutrientes de proteção e sugerem que o licopeno encontrado no tecido da próstata humana e do sangue de animais e seres humanos, que permanecem livres de cancro de próstata, pode indicar exposição a montantes superiores de compostos não apenas de licopeno, mas que trabalham em sinergia com ele. O Tomate promove a saúde do pâncreas: Os dados mostraram que os homens consomem mais licopeno tiveram uma redução no risco de cancro no pâncreas. Entre as pessoas que nunca fumaram, aqueles cujas dietas eram ricas em beta caroteno e carotenoides totais reduziram seu risco de cancro de pâncreas. O Tomate tem ação de proteção contra o cancro: Desde há bastante tempo, existem evidências epidemiológicas que indicam que o licopeno age sinergicamente com outros fitonutrientes do tomates para dar os seus efeitos de proteção. Estudos recentes têm mostrado que os produtos de tomate previnem o cancro de forma mais eficaz do que tomar o licopeno sozinho, os investigadores concluíram que outros carotenoides estimulam as enzimas da fase II através de diferentes vias daquele usadas pelo licopeno. O Tomate reduz o risco de doenças cardíacas: Mais uma boa notícia para aqueles em situação de risco de aterosclerose, ou apenas tentando evitá-lo, é que os tomates são uma boa fonte de potássio e uma boa fonte de niacina, vitamina B6 e ácido fólico. A niacina tem sido usada há anos como uma forma segura de diminuir os níveis elevados de colesterol. Dietas ricas em potássio foram mostrados para baixar a pressão arterial e reduzir o risco de doença cardíaca. A vitamina B6 e ácido fólico são ambos necessários pelo organismo para converter um produto químico potencialmente perigoso chamado homocisteína em outras moléculas benignas. O Tomate ajuda a reduzir a coagulação do sangue: O Sumo de tomate pode reduzir a tendência de coagulação do sangue. O Tomate é um anti-inflamatório natural: Um copo diário de sumo de tomate pode reduzir um dos principais marcadores de inflamação-TNF-alfa. O stress oxidativo (produção de quantidades excessivas de radicais livres nas células) e a contratação resultante de compostos inflamatórios, como TNF-alfa tem sido associada a praticamente todas as doenças crônicas degenerativas, incluindo a aterosclerose (endurecimento das paredes das artérias), doenças cardiovasculares, o cancro, a osteoporose e doença de Alzheimer. O sumo de tomate contém uma mistura de potentes antioxidantes, incluindo 5,7 mg de licopeno, 1 mg de beta-caroteno, 3,7 mg de phytoene, fitoflueno de 2,7 mg e 1,8 mg de alfa-tocoferol fração de vitamina E. O Tomate promove a saúde óssea: Os tomates são uma boa fonte de vitamina K. 17,8% do valor diário de vitamina K, é encontrada numa xícara de tomate cru, o que é importante para a manutenção da saúde óssea. A Vitamina K1 activa a osteocalcina, protéina do colágeno ósseo. Portanto, sem a vitamina K1, os níveis de osteocalcina são insuficientes, e a mineralização óssea é prejudicada. O Tomate ajudam contra a enxaqueca e os diabetes: O folato nos tomates também podem ajudar a reduzir o risco de cancro de cólon. Além disso, otomate é uma boa fonte de riboflavina, que tem se mostrado útil para reduzir a frequência das crises de enxaqueca. Uma boa ingestão de cromo, um mineral que o tomate é uma boa fonte, ajuda os pacientes diabéticos a manter os seus níveis de açúcar no sangue sob controle. Fonte

Benefícios do alface: Ela é perfeita para emagrecer, mas ao mesmo tempo fica deliciosa na salada, de modo que incorporá-la na dieta é quase uma obrigação. É rica em betacaroteno, pectina, fibra, lactucina e uma grande variedade de vitaminas como, A, E, C, B1, B2 e B3. Também possui cálcio, magnésio, potássio e sódio. A alface caracteriza-se por ser especialmente útil numa dieta de emagrecimento, dado que contêm uma boa fonte de fibra laxante, que aumenta a sensação de saciedade. A alface é também uma boa fonte de vitamina K, essencial na coagulação sanguínea. A fibra mais abundante na alface é a celulose, que não conseguimos digerir mas que tem a excelente propriedade de diminuir o nosso contato com eventuais carcinogénios pois acelera o esvaziamento intestinal e diminui a pressão no seu interior. A alface também tem um poder calmante, alivia as tensões e é indicada para quem sofre de insônia, pois também age como sedativo. Além de ser um excelente cicatrizante e desintoxicante, as singelas folhinhas verdes também são importantíssimas para quem sofre de intestino preguiçoso, pois contém considerável quantidade de fibras. Também é indicada no tratamento de vertigens, perturbações gerais do sistema nervoso, hipocondria, falta de tranquilidade e contusões. Outros benefícios da alface: Como é um vegetal que se come cru, não sofre o processo de cozimento que lhe tiraria propriedades. Contém uma boa quantidade de ferro, o que ajuda a combater a anemia. Recomenda-se consumi-la também quando se sofre de estados gripe os resfriados, já que fortalece as vias respiratórias. Tem propriedades analgésicas e acalma dores musculares. Tem antioxidantes o que contribui a diminuir o envelhecimento celular, melhora os níveis de colesterol e ajuda à circulação. É ideal para as pessoas diabéticas já que regula os níveis de açúcar no sangue. Além de ter propriedades digestivas, combate problemas de flatulências, já que atua como um agente anti-inflamatório muito efetivo em casos de inflamação abdominal. É de grande ajuda em casos de retenção de líquidos e cálculos renais. Fonte

Benefícios do orégano: Os especialistas apontam diversos benefícios do orégano para o organismo. Ele é um estimulante para o estômago, especialmente nos casos de perda do apetite, dificuldade de digestão ou gases. Além disso, é ótimo para cólicas. Expectorante, ajuda especialmente nos casos de bronquite ou asma. Suas propriedades antissépticas e anti-inflamatórias também são bastante importantes. De acordo com Flávia Morais, coordenadora da área de nutrição da rede Mundo Verde, estudos têm mostrado que o orégano possui propriedades antimicrobianas, antifúngicas e antioxidantes, auxiliando na prevenção do envelhecimento precoce que, quando se instala, traz diversos males. Se você quer usufruir desses benefícios, segundo o nutrólogo Wilmar Accursio, presidente da Sociedade Brasileira para Estudos do Envelhecimento, não há grandes manobras: basta incluí-lo na rotina. “É bom ingerir o orégano ao longo da vida, com frequência, e associando-o a outros vegetais que contenham antioxidantes complementares”, aconselha. O orégano também atua em outras vias. “Ele pode ser coadjuvante no tratamento de disbiose intestinal e de candidíase, além de estimular o sistema imunológico”, observa Flávia. Os mais antigos fazem uso do chá de orégano para tratar tosse, dor de cabeça de origem nervosa, irritação e para aliviar enjoo do mar. Para os diabéticos, uma boa notícia: há estudos que indicam o orégano como um bom alimento para esses pacientes pois contem ácido rosmarínico. “Esse componente tem efeito protetor, auxiliando o organismo a se defender das complicações do excesso de açúcar no sangue que ocorre no diabetes. Ele também protege rins e artérias”, diz Accursio. O orégano pode ser consumido de diversas maneiras. “Na forma de óleo temos maior concentração dos óleos essenciais e dos compostos bioativos”, explica Flávia Morais. Dizem por aí que o óleo do orégano é um purificador muito potente que fornece muitos benefícios para a saúde humana. Os dois componentes responsáveis por muitos benefícios do orégano são carvacrol e timol. Pesquisas demonstram que estes dois compostos podem inibir o crescimento de bactérias, vírus e fungos, que é a principal causa de muitas doenças em seres humanos. “Elas são substâncias de ação antioxidante, anti-inflamatória e estimulante da resposta imune, respectivamente”, diz a nutricionista. Fonte

Benefícios do Azeite de Oliva: 1 - Ação antioxidante: O azeite de oliva tem ação antioxidante por conter vitaminas poderosas que dão uma força para manter a pele longe das rugas. Os antioxidante contidos no azeite são tão fortes que as árvores oliveiras são capazes de regenerar e auto proteger seus galhos e frutos. Além disso, a opção também tem propriedades anti-inflamatórias e é indicado como um hidratante facial para quem tem a pele seca. A dica também é válida para quem tem os lábios rachados. 2 - Protege o coração e cérebro: O azeite consegue reduzir a formação de placas ateromatosas (compostas por lipídeos e tecido fibroso), que são responsáveis por entupir os vasos sanguíneos e artérias. A opção também é rica em vitamina E, protegendo de câncer e doenças cardíacas, como o infarto. Além disso, já foi comprovado pelos pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica, em Bordeaux, na França, que a opção também ajuda a prevenir derrames. 3 - Fortalece as unhas: As vitaminas contidas no azeite ajudam a hidratar e fortalecer as unhas. A dica vale para quem tem unhas escamadas, manchadas, quebradiças, ou para quem vive trocando de esmaltes (que também pode enfraquecer as unhas). Com um algodão, aplique o azeite nas unhas depois da limpeza, hidratação e antes de aplicar o esmalte, assim as unhas ficarão fortes e hidratadas para receber o cosmético. 4 - Reduz o mau colesterol: O azeite é um dos principais alimentos ricos em gorduras monoinsaturadas , que ajudam a conter o mau colesterol (LDL - Lipoproteína de Baixa Densidade). O consumo em excesso não é recomendado, mas se ingerido moderadamente é capaz até de reduzir as taxas do colesterol ruim e aumentar as taxas do colesterol bom. 5 – Efeito analgésico: De acordo com a pesquisa realizada no instituto científico Monell Chemical Senses Centre, da Filadélfia, o azeite pode substituir os analgésico: 50 g de azeite equivale a um décimo de uma dose de analgésico ibubrofeno, tornando esse óleo um anti-inflamatório. 6 - Hidrata os cabelos: Por ser um hidratante natural, o azeite pode ser usado como uma opção para dar mais vida aos cabelos. O truque é ideal para quem vive com os cabelos no cloro da piscina, ou pegou um dia de sol forte na praia e mar. Aplique o produto em temperatura morna nos cabelos e envolva os fios com uma toalha aquecida ou toca térmica. Deixe agir por 15 minutos e lave os cabelos normalmente. Pode apostar na aplicação mensalmente. 7 - Protege contra a osteoporose: Já deu para perceber que o azeite é um alimento completo: faz bem para o coração, cérebro, cabelos, unhas e pele. E o que faltou? Os ossos! De acordo com estudos realizados na Universidade de Córdoba, na Espanha, o azeite contém uma substância chamada oleuropeína, anti-inflamatório que tem os mesmos efeitos do cálcio no organismo. Ou seja, consumir moderadamente ajuda a prevenir a osteoporose. Aproveite enquanto é tempo e regue já seu prato com azeite! Fonte

Benefícios da Ricota: A magrinha e saborosa ricota (palavra derivado do italiano ricotta) é uma espécie de derivado de queijo com massa mole e baixíssimo teor de gordura, sendo altamente recomendada principalmente em dietas de restrição de gordura ou em uma alimentação mais saudável. Diferente de outros queijos, a ricota não é feita diretamente do leite, e sim do soro de queijo, o que dá a ela um teor mais alto de soro-proteínas, o que a torna mais nutritiva que os outros queijos. Geralmente a ricota vem sem adição de sal, e uma fatia média contém em torno de 69 calorias. A ricota de boa qualidade deve ter consistência firme, mas não sólida. Também é importante que não esfarele ao ser manuseada. Evite as ricotas com aparência granulosa e arenosa, e também as que apresentam umidade excessiva. Os benefícios do queijo ricota são muitos. A ricota é um alimento rico em cálcio, agindo no fortalecimento de ossos e dentes. Também é eficaz no auxílio à obtenção de massa muscular, pois além de suas propriedades nutricionais possui a mesma quantidade de calorias de alguns tipos de suplementos. Entenda a relação da ricota com algumas situações, e como fazer o melhor uso dela nesses casos: Ricota dieta: é super indicada para quem faz dietas restritivas de gorduras ou calorias, como dietas de emagrecimento, por exemplo. E não é por ser um queijo "de regime" que a ricota é ruim, como muitas pessoas acabam achando antes mesmo de provar alguma receita feita com ela, ou mesmo ingeri-la pura ou no pão integral. Por ser um queijo "neutro", ela é versátil no uso em receitas diversas. Ricota lactose: a ricota não é indicada para pessoas que possuem intolerância à lactose, pois mesmo sendo feita do soro do queijo, ela é considerada um derivado do leite. O seu teor de lactose é de 3,6%. O consumo de substâncias com lactose por pessoas com intolerância à essa substância pode causar diversas reações, como diarreia ou prisão de ventre, inchaço abdominal, gases, náusea e sintomas de má digestão, como azia. Ricota saúde: uma excelente aliada da boa alimentação, a ricota é excelente para ajudar a manter a forma - um pedaço médio dela tem por volta de 69 calorias, contra em média 121 calorias do queijo minas, por exemplo. Além de poucas calorias, ela tem baixo teor de gordura: em média 3,8 gramas contra quase dez gramas do queijo minas. Ricota culinária: versátil, vai bem em pratos doces e salgados. Você pode fazer tortas, bolos, quiches, e muitas e muitas outras opções de receita com ricota. Coloque a sua imaginação para ajudar na cozinha, utilize a ricota, e tenha certeza que a sua saúde e o seu corpo agradecerão! Fonte

Benefícios do queijo cottage: O cottage está cada vez mais na lista de indicações dos nutricionistas. Com poucas calorias e gorduras, ele pode ser um grande amigo do seu regime. "A menor quantidade de gorduras do cottage faz com que ele tenha menos calorias, ajudando no emagrecimento ou controle do peso", ressalta a nutricionista chefe do Dieta e Saúde, Roberta Stella. Além disso, a famosa proteína whey protein, encontrada em abundância nesse queijo, contém o aminoácido BCAA, que é de fácil absorção e ajuda a reduzir gordura e evitar a perda muscular. De acordo com o nutrólogo Roberto Navarro, quem está com colesterol alto deve evitar o leite integral e os queijos amarelos, pois eles são ricos em gordura saturada. Já a escolha de queijos brancos com baixo teor de gordura (o cottage é um deles!) não têm nenhuma contra-indicação. A seguir, conheça todos os benefícios do cottage e as diversas formas de inseri-lo em sua dieta. Ele é pouco calórico mesmo? Qual a quantidade recomendada? A principal preocupação de quem faz regime é saber quantas calorias (ou pontos) e gorduras têm os alimentos que vão ser consumidos. No caso do cottage, depende do tipo de leite que foi usado em sua fabricação. Segundo o nutrólogo Roberto Navarro, existem dois tipos de queijo cottage: o que é feito com leite semi-desnatado (2% de gordura) tem o valor calórico de 90 kcal para cada 100 gramas - uma colher de sopa tem aproximadamente 30 gramas. O outro é feito com leite desnatado (1% de gordura) e tem o valor calórico de 70 kcal para cada 100 gramas. O especialista ainda alerta para a diferença entre a quantidade de gordura dos dois tipos de cottage. Se feito com leite desnatado, cada 100 gramas tem 1 grama de gorduras totais (0,63g de saturada; 0,28g de monoinsaturada e 0,09g de poli-insaturada). Se feito com leite semidesnatado, são 2 gramas de gorduras totais. Dentro do sistema da Dieta dos Pontos do programa do Dieta e Saúde, o queijo cottage, devido a sua baixa quantidade de calorias e gorduras, apresenta somente 1 ponto por fatia (30 gramas). A nutricionista chefe do programa alimentar, Roberta Stella, recomenda de 2 a 3 porções de leites e derivados por dia e dá a dica: "Pode consumir essa quantidade de cottage, inserindo também, leite desnatado e iogurtes durante o dia para atingir essa recomendação". Desfrute dos benefícios desse queijo! Pesquisas recentes revelaram que uma dieta pobre em cálcio pode aumentar a tendência ao ganho de peso. "Por isso, não devemos esquecer que o leite e derivados são excelentes fontes deste nutriente", ressalta o nutrólogo Navarro. "Outro benefício do leite e derivados é o fato de colaborarem para um bom desenvolvimento da flora prebiótica no intestino, que é responsável pela saúde intestinal, absorção de nutrientes (inclusive o próprio cálcio) e pela eficiência imunológica. E não devemos esquecer também da importância do cálcio para a saúde óssea e dentária", aponta o especialista. O cottage tem uma baixa quantidade de gorduras saturadas (gorduras relacionadas com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares). Assim, ele é uma excelente opção para a saúde, além de colaborar no controle do peso. Como colocá-lo na dieta? O cottage é um alimento versátil que pode ser ingerido das mais diferentes formas. É possível utilizá-lo em vários tipos de preparações como, por exemplo, recheios para sanduíches, tortas, patês e base de molhos, explica a nutricionista do Dieta e Saúde, Roberta Stella. Além disso, ele pode ser consumido em saladas, recheio de massas e tortas salgadas (com massas integrais, sempre que possível). Também existem formas menos usuais e muito saborosas de inseri-lo na dieta. "Ele pode servir de recheio em panquecas, quiches e até em sobremesas, como por exemplo, creme de cottage com frutas vermelhas", ressalta a nutricionista Carla Fiorillo. Fonte


Gostaram?

Temos motivos ou não de comer uma torrada dessas no mínimo 2x ao dia?!!


Que tal fazer um Curso de Decoração?



20 comentários:

  1. Grazi, adorei o blog!!
    A receita então...nem me fale com tantos benefícios, dá vontade de comer todos os dias mesmo!
    Beijo e bom final de semana1
    Estou seguindo o blog, quando puder venha conhecer o meu!
    http://criscriacoisas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris!
      Seja muito bem-vinda!!!
      Fico feliz que tenha gostado :D
      Bom findi...
      Beijos!

      Excluir
  2. Grazi, eu aprendi muito com a Dukan, hoje não sigo, mas aprendi a R.A., mesmo que de vez em quando como um doce ou uma massa branca, mas hoje é em menor quantidade.
    Esse pão com quinoa eu não conhecia, eu faço o de farelos de aveia e trigo, mas minha mãe teve a idéia de adicionar brócolis cozido e batido no liquidificador, gergelim e vamos testando outros sabores saudáveis.
    O que é muito gostoso é o beirute Dukan, não conheço até hoje,alguém que aguente comer mais de 1, pq os farelos saciam rápido!
    Segundo o site, meu peso ideal seriam 58kg, mas durante minha vida, ou na maior parte, oscilei entre 63 e 64. Como meu peso não é bem distribuído, na única vez que cheguei a 58kg, fiquei com cara de doente, com ombros esqueléticos, sem seios, só tinha perna e bumbum, quem sabe com a nova alimentação (e eu deveria me exercitar, só que não o faço), eu consiga redistribuir meu peso, tomara!

    Bjs e parabéns por se manter em forma!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Val!
      É bom ir testando novos sabores né? Além de ser uma delícia, não enjoa repetir sempre as mesmas refeições...
      Esse beirute Dukan não conheço, na verdade da Dukan só por enquanto sei desse pão!! rsrs
      O peso ideal tem uma faixa de mínimo e máximo conforme nossa altura e idade, então os 58 kg seja o mínimo que você possa chegar e por isso não te deixa com um corpo legal, e talvez no 64 seja o ideal para sua estrutura muscular e óssea! Agora um exercício relaxante e eficiente é o Pilates, você deveria experimentar... porque exercício é tudo para nossa saúde e para manter a forma!!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oie, estou fazendo a dieta dukan há um mês. To achando maravilhosa!! Perdi quase 6 kilos até agora, mas realmente, além da perda de peso, descobrimos receitas maravilhosas e saudáveis. Eu como esse pão (panqueca) todos os dias, vario somente no sabor, faço geralmente doce (com adoçante) e canela, visto que nem todos os dias posso comer legumes e verduras, ou simplesmente passo um requeijão light, fica bom também pro lanche da tarde.
    Já experimentou a pizza dukan? Eu recomendo!
    Bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju!
      Nossa, perder 6 kg em um mês é muita coisa, dá até medo hein? rsrs
      Tem que ter cuidado para não perder vitaminas e minerais por restringir algumas coisas diariamente, o bom da reeducação se deve comer de tudo com moderação e não misturando os carboidratos, é um tipo por vez em cada refeição!
      Doce deve ficar uma delícia mesmo... vou experimentar! Por enquanto não conheço nada da Dukan, apenas esse pão, mas vou ver da pizza e outras receitas deliciosas para encaixar na reeducação alimentar!! Obrigada pela dica da pizza :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Grazi,
    Que delícia de receita menina,amo tudo que é saudável,que faz bem a saúde,não conhecia essa receita e confesso que ela já entrou p/ meu livro de receitas,rsrs.

    Beijinhos!!
    " Nossa casa,nosso sonho "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elly!
      Que bom!!!
      Viver de forma saudável é o segredo da longevidade e qualidade de vida né!!
      Beijos!

      Excluir
  5. Oiii


    que receita maravilhosaaaa
    vou tentar fazer....

    bjinho
    www.enquanto-isso.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Grazi, deve ser ótima essa receita!
    Vou tentar fazer... e parabéns pela reeducação alimentar!
    Eu estou precisando tomar coragem... rsrs

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dessa!
      Faz que você vai gostar!!!
      Começa devagarinho, ideal é ir na nutricionista para ter todo apoio e cuidado que necessita, depois o corpo acostuma e precisa de hábitos saudáveis!! :)
      Beijos!

      Excluir
  7. Ótima dica, parece ser super saboroso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Esse pão parece realmente delicioso, Grazi. Adorei suas dicas e concordo plenamente com a frase do final do post;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liduh!
      Estou comendo todo dia, rsrs
      Beijos!

      Excluir
  9. Faltou o passo 7: A dentada!....kkkkkk

    Delícia.

    ResponderExcluir
  10. OIiii.to aqui pra falar desse pao e como ele me ajuda no emagrecimento.Fiz gostei e tenho feito a massa base,as vezes acrescento um fatia de ricota light esfarelada,ou uma fatia de presunto.to fazendo com farelo de aveia.fica muito gostoso. Estou 6 kilos mais magra,e alimentando super saudável.Felizzzzz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Di!
      Que ótimo saber disso!!!
      Esse pão é uma delícia, além de muito nutritivo né!!
      Fico feliz por você, tão bom saber que está atingindo seus objetivos e sua saúde só ganha com isso!!!
      Beijos!

      Excluir


NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover