Construindo Minha Casa Clean: 06/14/13

Móveis Planejados e Sob Medida! 5 Dicas para a Compra Perfeita!!

Olho vivo ao definir a loja: o setor é um dos campeões de reclamação!


Hoje a maioria de nós está optando pelos móveis planejados e os sob medida, pois além de lindos e de maior qualidade, ficam perfeitos nos ambientes, ocupando com modernidade cada canto, e assim temos um maior aproveitamento dos espaços!! Mas antes de sair comprando é bom se precaver de futuras incomodações e decepções! Encontrei na internet essas dicas valiosas e logo pensei em compartilhar com vocês!!! Primeiro vamos as diferenças dos móveis...

Móveis Planejados ou Modulados - são aqueles que compramos nas lojas de grande porte, que podemos optar apenas pelos tamanhos, modelos, cores e materiais que estão no catálogo da loja. A maioria são em MDF e MDP. Costumam ter o valor mais acessível que os móveis sob medida. Por exemplo, eles tem um balcão modulado com medidas x, um aéreo com medidas x, e assim vamos montando a cozinha conforme os tamanhos disponibilizados pela loja. Eles fazem o planejamento dos modulados para encaixar nos espaços do nosso ambiente desejado, mas devido as medidas serem padronizadas, geralmente vai sobrar algum canto ou espaço.

Móveis Sob Medida - são aqueles que encontramos em lojas menores ou em marcenarias, onde podemos escolher o material, o modelo, a cor conforme o tamanho exato de nossos ambientes. Assim nunca irá sobrar um canto ou espaço, porque faremos sob a medida exata de nosso ambiente. E devido a todas essas vantagens o valor dele costuma ser superior, na média de uns 50% a mais do que os móveis planejados ou modulados. Ideal para cobrir vigas ou onde tem paredes ou pisos desalinhados, pois será feito com encaixe perfeito. Por exemplo, podemos escolher em MDF ou madeira, na cor branca com portas de vidro preta e com o tamanho exato da parede onde o móvel será usado.

Agora vamos as dicas para a compra perfeita!!


1. Deve-se encomendar o projeto dos móveis quando se define a distribuição de tudo, “da iluminação aos eletrodomésticos. Ao escolher a loja, leve a planta baixa, mas faça questão de que o projetista tire as medidas pessoalmente. Ele poderá sugerir soluções para encobrir uma viga, por exemplo. “Deixe essa responsabilidade com o profissional, pois um possível erro nessa etapa acarretará problemas na montagem”, orienta Selma, do Procon-SP.

2. Peça orçamentos variando materiais e acessórios e bata o martelo na melhor proposta dentro de suas possibilidades e seus desejos.

3. Por qual chapa de madeira você optou: MDF ou MDP? Que medidas terá cada peça? Tudo isso precisa estar esmiuçado no contrato, bem como as especificações de dobradiças, puxadores e demais acessórios. Nesse documento ainda são informados os prazos de entrega e de montagem. “Se houver promoções envolvidas, como um cooktop de brinde, isso também vai para o papel”, alerta Guilherme, da Bartzen. Já o nome do fabricante deve constar na nota fiscal.

4. Condicione o pagamento ao término do serviço. “Não pague à vista: divida no cartão ou dê cheques pré-datados”, sugere Selma. “Negocie um pagamento gradativo. Se o estabelecimento negar, procure outro.”

5. Caso o móvel venha na cor errada, apresentando falta de peças, ou seja mal montado, fale com a loja. Se o problema não for corrigido, procure o fabricante. “Esse contato também falhou? É hora de recorrer ao Poder Judiciário ou ao Procon de sua cidade”, diz a diretora do Procon-SP. Em geral, a garantia dos planejados é de cinco anos sobre a resistência da madeira. “E damos 90 dias sobre defeitos aparentes”, fala Guilherme. Mas há aqueles insuspeitos, os chamados vícios ocultos, como alerta Selma: “Nessas situações, o prazo de 90 dias para reclamar inicia quando você identifica o problema, como a infestação de cupins, que pode aparecer depois de algum tempo”.

Olho vivo ao definir a loja
O setor é um dos campeões de reclamação. “As principais críticas dizem respeito a atraso na entrega e instalação malfeita”, fala Selma do Amaral, diretora de atendimento do Procon-SP. Por isso, eleja uma loja que transmita segurança: veja se ela consta na lista de endereços do site do fabricante, converse com clientes e recorra a redes sociais, sites de busca e órgãos competentes.
Existem lojas exclusivas (só vendem uma marca) e revendas (comercializam até três). “Se preferir, solicite uma garantia por escrito ao fabricante de que o móvel será entregue. De toda forma, a montagem sempre cabe ao lojista”, defende Ivo, da Movergs. “Outra maneira de se precaver é solicitar que o depósito seja feito diretamente na conta do fabricante.”

Antes de fechar, consulte online
Para verificar a idoneidade de empresas de tipos variados e tornar as compras mais seguras, a Serasa Experian lançou em fevereiro deste ano um serviço online inédito. O interessado investe R$ 29,90 por consulta (uma só empresa) e recebe informações sobre a ocorrência de protestos, cheques sem fundo, ações judiciais, participação societária, faturamento, falências e a existência legal do estabelecimento. Essa ferramenta está disponível nos sites da Serasa Experian e do Reclame Aqui. Em ambos, basta preencher um cadastro com seus dados e adquirir a consulta como se fosse uma compra via internet. É necessário ter em mãos o CNPJ da empresa a ser pesquisada.

Gostaram?

Eu ainda vou ter que mandar fazer alguns móveis, mas seguirei a risca essas informações, para ficar protegida caso a loja ou o fabricante não cumpra com o prometido. Lembrando que é válido essas consultas na internet e em redes sociais para comprar qualquer produto, principalmente em lojas online desconhecidas!

E vocês, já se incomodaram com esse setor? Preferiram móveis planejados ou sob medida? 
Me contem suas experiências e comentem a vontade!!!


Que tal fazer um Curso de Decoração?


Leia Mais ►

NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover