Construindo Minha Casa Clean: 09/01/13

Fachadas Com ou Sem Telhado?


Tipos de Telhas!


Essa é uma das primeiras dúvidas quando decidimos construir e escolher o estilo que terá a nossa casa! Essa questão estética norteia todo o projeto arquitetônico, além de ter influência direta nos custos da obra, pois com telhado o custo aumenta devido ao valor elevado das telhas, sem falar na manutenção anual com limpeza e pintura, já no telhado escondido pode ser telha simples e barata, e não ter manutenção com a parte estética da mesma. As casas modernas trouxeram a arquitetura contemporânea linhas mais simples as construções, que tem como características marcantes as linhas retas e coberturas planas, onde o telhado fica embutido e escondido por uma platibanda, ou simplesmente onde não existe telhado mesmo, apenas a laje impermeabilizada!! No meu primeiro projeto, a casa era contemporânea e moderna, com muitos vidros, porém com telhado aparente, já nesse segundo projeto, que foi a casa que construi, o estilo foi mais moderno, onde meu arquiteto optou por usar telhado escondido para proteger a laje, que é escondido pela platibanda, a telha utilizada foi de fibrocimento "brasilit" de 10 mm, por ter a espessura mais grossa se torna mais resistente. Já embaixo da telha fiz questão de usar manta aluminizada para maior proteção térmica! Falei sobre a manta aluminizada neste post aquiSelecionei algumas fachadas lindas para nos inspirar!!!

1- Fachada moderna com telhado escondido pela platibanda! Amei os detalhes em pedra e a iluminação!!

Tudo aquilo que serve como cobertura e proteção de um lugar pode ser chamado de telhado. Quando falamos de uma casa, o telhado é o que será colocado para fechar e proteger o ambiente do sol, da chuva e do vento. Além de cobrir uma imóvel, o telhado pode ser considerado um tipo de moldura, podendo dar o estilo final da casa ou até mesmo completar a forma da mesma. As casas com telhados são mais tradicionais e casas sem telhado são de linhas mais planas, sem excessos, herança da arquitetura modernista. Entretanto ambas podem ser contemporâneas, de acordo com um bom projeto realizado pelo profissional de arquitetura. Em muitos projetos há um mix entre os dois estilos, conferindo personalidade à construção. 
As partes de um telhado podem variar de acordo com o tipo, aqueles de telhas, por exemplo, pode ter como parte uma estrutura metálica, mas entre outras coisas, se observa ainda, treliças, terças, etc. 
Beiral: essa é aquela parte que proteja o telhado para fora da linha da parede.
Água: é a parte plana e inclinada de qualquer tipo de telhado.
Espigão: é uma aresta onde se encontram as duas águas, neste ponto é formado um ângulo saliente.
Cumeeira: outra aresta, neste caso horizontal, que faz o limite entre as duas águas que se encontra e fica localizada no ponto mais alto do telhado.
Rincão: outra aresta, porém, essa é inclinada, mas sempre dividindo o encontro de duas águas. Também é chamado de água furtada.
Fiada: é uma telha depois da outra em sentido da sua largura.
Rufo: é uma peça que faz o complemento de arremate entre a parede e o telhado.
Peça complementar: serve para resolver detalhes no acabamento do telhado, pode ser feita nos mais diversos materiais, rincões e espigões são só alguns exemplos de onde é possível usá-la.


Uma fachada sem telhado, não significa necessariamente que ele não existe. O telhado geralmente é escondido por uma platibanda (paredinha com cerca de 80 cm levantada sobre a laje para embutir a cobertura). Nesses casos as telhas mais indicadas são as metálicas ou pré-moldadas, que requerem pouca inclinação. Há casos em que é feita uma impermeabilização na laje por métodos competentes, dispensando o uso de qualquer cobertura, alguns profissionais indicam a distribuição de argila expandida sobre esta laje impermeabilizada. Nesse tipo de construção o uso de calhas e condutores é indispensável para o escoamento das águas. O beiral também é recomendado para proteger as janelas e portas. No tocante aos custos, uma construção com telhado embutido fica mais econômica que uma construção com telhado aparente convencional. A estrutura para fixação das telhas é menor, e muitas vezes também é metálica. Vale lembrar que nos dois casos é possível fazer o armazenamento das águas pluviais para o reaproveitamento na irrigação de jardins e outros usos não potáveis, visando à sustentabilidade.
Dica
Cobertura de laje, sem telhas - A opção por lajes planas em um terraço exige outras implicações. Meu arquiteto não recomendou este tipo de cobertura, porque fica muito alto o custo da manutenção, que deve ser frequente. Também é fácil apresentar problemas de impermeabilização.
   
2- Fachada moderna com telhado escondido por platibanda! 

3- Moderna com telhado escondido por platibanda!

4- Contemporânea com telhado escondido por platibanda!

5- Moderna com telhado escondido por platibanda!

6- Moderna com telhado escondido por platibanda!

7- Moderna com telhado escondido por platibanda!

8- Moderna com telhado escondido por platibanda!

9- Moderna com telhado escondido por platibanda! Amei as cores e o paisagismo!!

10- Moderna com telhado escondido por platibanda!

11- Moderna com telhado escondido por platibanda! Olha como o vermelho ficou super moderno!!

12- Moderna com telhado escondido por platibanda!

13- Moderna com telhado escondido por platibanda! Maravilhosa!!!

14- Moderna com telhado escondido por platibanda! Amei a imponência dessa porta!!

15- Moderna sem telhado com platibanda! Detalhe que a porta de entrada não ficou para frente, mas na lateral! Lindo esse canto de vidro com a cortina, amo esse efeito!!

16- Contemporânea com telhado escondido por platibanda!

17- Contemporânea com telhado embutido sem platibanda!

As construções com telhado aparente podem ter vários estilos: 4 águas, 2 águas, 1 água, colonial, moderno, chalé.... trata-se de uma estrutura, geralmente de madeira, onde se fixam as telhas. Atualmente há uma grande variação de tipos de telhas (cerâmica, barro, concreto, vidro) nos mais variados formatos e cores (portuguesa, francesa, plan, americana...). O que as diferencia é o design e a forma de conduzir a água, para cada qual existe uma inclinação indicada. O beiral do telhado, com função de proteger as paredes do escoamento das águas e as esquadrias da incidência do sol e da chuva, também irá definir o estilo arquitetônico pretendido.
Dicas
- Quais medidas tomar para que o telhado não seja sugado por ventanias? Quando ocorrem ventanias, com frequência alguns telhados são destruídos. O vento cria uma área de sucção e vácuo e acaba arrancando telhados inteiros. Isso não se deve ao tipo de telha e, sim, à construção incorreta da estrutura de cobertura. Tem que ter tirantes que reforçam internamente. A estrutura do telhado tem de estar bem fixada na estrutura da construção. O material deve ser de qualidade e cada telha precisa ter suas bordas fixadas.
- Qual tipo de telha esquenta menos ou mais? O calor está mais ligado ao forro que é colocado e a inclinação do telhado.  Também é possível fazer um forro de madeira, de PVC e de gesso. Em geral, as telhas metálicas, de zinco e amianto costumam aquecer com facilidade. Uma sugestão é escolher telhas com cores claras ou pintá-las.
- Como combinar as cores da casa com o telhado? A fórmula mais fácil de harmonizar as cores da edificação com as da cobertura é escolher tons mais escuros para o telhado. Quanto mais claras são as telhas mais difícil é de combinar. O telhado é um elemento de composição da edificação. Então, um não pode sobrepor o outro. A telha tem que aparecer, mas não mais que a casa em si. O tom “pinhão” é o mais comum, principalmente por ser a cor natural do barro, mas também por ser escura, demorando mais para aparecer a sujeira acumulada. Por outro lado, as telhas claras refletem melhor o sol e não absorvem tanto o calor. Eu acho linda telhas de concreto que são acinzentadas ou de cerâmica brancas!




Alguns Tipos de Telhas mais Utilizadas!

Cerâmica - Também conhecidas como telhas de barro, as de cerâmica são as mais antigas e ainda as mais utilizadas em residências. Elas dão mais conforto térmico e são mais bonitas visualmente, além de serem muito eficientes em termos de vedação. O melhor é optar pelas que já vem com revestimento sintético de fábrica, que dá maior proteção e durabilidade. Existem as telhas naturais, sem revestimento algum, as esmaltadas, com película de proteção que, conforme a fabricação, costumam mudar de cor com o tempo e as vitrificadas, famosas por serem mais resistentes. A vitrificada é mais usual porque evita a atuação das bactérias, fuligem e sujeira. Por isso facilitam a conservação e acabam sendo mais duráveis. Há vários modelos de telhas de cerâmica, como as coloniais, francesas, portuguesas, romanas, entre outras.

Concreto - Há bastante procura no mercado pelas telhas de concreto, devido à durabilidade e conforto térmico. Ela requer menos madeiramento, economizando na estrutura. A desvantagem é que precisam de uma manutenção anual. Como são mais pesadas, porosas e suscetíveis a umidade, necessitam de uma limpeza ao menos uma vez ao ano. Normalmente, elas não vêm com um esmalte de cobertura. Por isso é importante aplicar alguma resina pra fazer a proteção e impermeabilização. Existem diversas opções de cores de telhas de concreto no mercado, além de outras opções de formatos que não são disponíveis em cerâmica. Conforme o resultado estético ou térmico que se procura é possível fazer mais inclinações com a telha de concreto.

Fibracimento (Amianto) - De custo inferior, tem vida útil mais curta que as demais e não dão muito conforto térmico. A principal vantagem é que podem ser utilizadas em coberturas de poucas inclinações. Normalmente, são aplicadas em edificações mais simples. Foram popularizadas pela marca Brasilit, mas há diversas outras no mercado. Existem vários formatos de telhas de fibracimento, com opções de grau de ondulação, como as que imitam as coloniais de barro. São altamente utilizadas em indústrias e no comércio, em galpões e também em edifícios, principalmente em coberturas com parapeito alto, onde não se consegue enxergar o telhado em si. Elas são aparafusadas na madeira da estrutura, por isso dificilmente levantam em uma ventania, a menos que levante toda a estrutura. Não é seguro caminhar sobre telhas de amianto, sob risco de quebrarem facilmente. Essa foi a que eu usei escondida pela platibanda, porém de 10 mm e coloquei a manta aluminizada embaixo para proporcionar maior conforto térmico!

Metálicas - Costumam ser as escolhidas quando a intenção é cobrir grandes vãos, já que apenas uma telha chega a ter quatro metros de comprimento. Para construir a cobertura de um galpão as telhas metálicas estão entre as mais indicadas. Em muitos casos, não possibilitam conforto térmico.

Ecológicas - Já existem no mercado diversas opções de telhas ecológicas, feitas de fibras naturais recicladas, com a mesma qualidade de outros materiais. Na produção são recicladas fibras de madeiras, sisal, bananeira ou coco e são adicionados betume, pigmentos e uma resina especial, que protege contra os raios UV. Algumas podem ser fabricadas com papel reciclado, asfalto e resina. Como as telhas ecológicas também devem passar por uma regulação da ABNT são seguras em relação à resistência e durabilidade.

18- Fachada contemporânea moderna com telha cinza! Linda!!!

19- Contemporânea com telha branca!

20- Contemporânea moderna com telha cinza!

21-  Contemporânea rústica com telha bege!

22- Contemporânea com telha marrom!

23- Contemporânea com telha de concreto cinza!

24- Contemporânea moderna com telhas de concreto cinza! Maravilhosa essa fachada!!

25- Contemporânea rústica com telhas de concreto cinza!

26- Escandinava com telha branca!

27- Contemporânea rústica com telhado ecológico!

28- Contemporânea moderna com telha cinza!

29- Contemporânea com telha cinza!

30- Contemporânea com telha cinza!

31- Contemporânea moderna com telha marrom!

32- Contemporânea moderna com telha bege!

33- Moderna um mix sem telhado e com telha marrom!

34- Contemporânea com telha bege!

35- Contemporânea moderna com telha marrom!

36- Contemporânea com telhado bege!

37- Contemporânea rústica com telha marrom!

38- Contemporânea moderna com telha cinza! Acho perfeito esse estilo de telhado!!

39- Contemporânea rústica com telha marrom!

40- Contemporânea com telha bege!

41- Contemporânea com telha marrom!

42- Americana com telha cinza!

Quem perdeu quais os estilos de fachadas, pode conferir nesse post aqui.

E essa é minha fachada moderna e clean!! 


Veja mais fachadas modernas aqui!

Qual a fachada que vocês preferem, com ou sem telhado?
Os dois estilos são lindos, mas meus olhos andam brilhando mais pelas sem telhado e dessas todas a minha preferida foi a 1!! Bem minha cara! rsrs... E a de vocês?
Comentem a vontade!!! :D

Curta e acompanhe todas as novidades do blog pelo Facebook e pelo Instagram 



Que tal fazer um Curso de Decoração?

Leia Mais ►

NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover