Construindo Minha Casa Clean: "Casa Arrumada" de Drummond!

"Casa Arrumada" de Drummond!


Desafio dos Poemas!


Esse desafio foi proposto pela queridona Ingrid do Blog Dona Ingrid! Desafio aceito é desafio cumprido!! rsrs... As blogueiras resolveram espalhar poemas, e eu achei esse desafio muito bacana. E claro, o assunto desse poema é sobre casa! Qual o conceito de casa arrumada pra você? Escolhi de Carlos Drummond de Andrade um poema lindo e muito interessante sobre "Casa arrumada"!!! Vamos refletir...

Casa Arrumada

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos, pros netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.

Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.
Carlos Drummond de Andrade (1902 - 1987)



Como funciona o desafio?

Regras:

- Este é um desafio com objetivo de espalhar poesia por aí.
- A ideia é publicar um poema e escolher mais 5 blogs para participar. Você deve avisar a cada blogueiro que ele foi indicado.
- Pode ser qualquer tipo de poema, de autores conhecidos, desconhecidos, autoral, enfim, sendo poesia está valendo!

Meus blogs indicados:

Meu Doce Lar - Karin
Minha Kasinha - Katia
Detalhes de Casa - Neulana
Minha Casa em Vinhedo - Ana Julia
Nossa Tão Sonhada Humilde Residência - Andressa

Eu queria indicar todas as vizinhas que estão sempre aqui, mas como eram apenas cinco, escolhi aleatório entre as minhas Top Comentaristas que tem blog!!

Vamos espalhar poemas pela blogosfera!

Gostaram?


Que tal fazer um Curso de Decoração?


28 comentários:

  1. Que iniciativa bacana!
    ADOREI o poema!
    Casa é isso mesmo... tem que ter asseio, mas, também tem que ter sinais de vida!
    Bjos afetuosos,
    Patrícia Fagundes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Pati!!
      Uma casa com sinal de vida é tudo, tem a personalidade do dono e dai sempre é aconchegante né...
      Beijos!

      Excluir
  2. Que lindo poema,Grazi, amei! É como a Patricia disse a cima,casa tem que ter vida,se não deixa de ser casa.

    Beijinhos!
    A Casa da Elly

    ResponderExcluir
  3. Oi Grazi, adoro este poema é lindo demais e nos faz pensar em muitas coisas que deixamos de fazer para manter uma casa ou até mesmo uma vida arrumada demais... beijosss!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jane!
      Ele é uma grande reflexão mesmo... devemos ter as coisas para usar e as pessoas para desfrutar com a gente, não o contrário né!! :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Grazi! Super legal o poema e achei uma graça a casinha da imagem. Beijus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla!
      Legal né!!!
      Muito fofa essa casinha, dá para ver o aconchego na simplicidade...
      Beijos!

      Excluir
  5. rsss...a primeira vez q lí esse poema, não tinha o autor..aí pensei...conversa...deve ser uma baita de uma mulher preguiçosa q vem com essa conversinha cheia de firula, só pra nos convencer q é bonito uma casa bagunçada rsss...só depois descobrí a autoria e pensei...poxa, sendo ele...tá perdoado!!!! Quem sou eu pra contestar um Acadêmico né?

    Miga, até gosto de participar das brincadeiras, só não gosto de indicar...pq tem pessoas super atarefadas q não tem muito tempo pra esse tipo de brincadeira, aí acaba ficando sem graça de falar não...já ví muito isso em blogs e até respeito, pq a rotina da maioria das pessoas é bem puxada né? Então eu vou postar um poema e vou deixar aberto pra quem quiser participar, pode ser? Vc se importa? De qq forma...adorei ser lembrada! Bjsss...amanhã posto meu poeminha! Obrigada xuxu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs
      Esse poema é ideal para quem tem neurose por limpeza e organização, o bom é tudo limpinho, mas para o uso, não intocável, só para cenário de novela e de revista, amei essa reflexão!! rsrs
      Fique a vontade, só posta as regrinhas para quem quiser seguir não quebrar a brincadeira das blogueiras, kkk
      Beijos!

      Excluir
  6. CASA LEGAL E CASA COM VIDA E BEM DECORADA, FICA DE MAIS. ABRAÇO, LINDO O POEMA GRAZI!

    ResponderExcluir
  7. Grazi minha linda, eu amo esse poema de coração!Eu tb acho que casa não é vitrine, é pra curtir, usar, ter identidade... amei essa lembrança do poema!bjos carinhosos!

    ResponderExcluir
  8. Claro que eu topo, fiquei muito feliz por ser indicada. Esse poema fala de casa com vida, agente gosta de tudo arrumadinho mas nem sempre é assim, tem dia que a casa está arrumada tem dia que não, aqui em casa é só eu e marido e agente faz bagunça, imagina quando vir os filhos rsrs.
    Hoje mesmo eu posto o poema.
    bjão e obrigada por me escolher.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Nê!!
      Verdade, aqui também é assim, tem dias que está tudo de pernas para o ar, outros dia tudo impecável, rsrs... já imagino quando vier os baby, rsrs
      Beijão!

      Excluir
  9. Oi Grazi, eu adoro esse poema do Carlos Drummond!!
    Achei super bacana a brincadeira, e adorei a indicação, com certeza vou postar um poema lá no blog, mas assim como Katia posso deixar em aberto para quem quiser? pode deixar que posto as regras, rsrs
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dessa!
      Que bom que gostou, pode sim deixar em aberto com as regrinhas, rsrs
      Muito show esse poema, amei desde que conheci há pouco tempo atrás, num blog, mas estava sem o autor...
      Beijão!

      Excluir
  10. Minha querida Grazi, pode imaginar o quanto fiquei feliz, orgulhosa e honrada por ter me escolhido? Você não faz ideia!
    Tanto pelo seu carinho, quanto pela proposta, afinal, quem não ama falar sobre o lar de cada um de nós, o que pensamos dele, enfim... o que ele representa pra nós, não é mesmo?
    Conhecia esse poema de Drummond e é lindo demais!

    Será um grande prazer propagar a importância que um lar tem pra mim, viu?
    E muito embora eu tenha mais intimidade com crônicas (já viu o quanto falo??? Kkkkkkk...), será um prazer me desafiar à poesia também!
    Amei, amei, amei!

    Entre hoje e amanhã já começo a trabalhar na minha poesia e logo posto.
    Te aviso, tá?

    Bjão em seu coração tão fofo!
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ka queridona!!
      Que bom que gostou :)
      E que legal que irá propagar um poema sobre casa também, quero ver!! rsrs
      Beijão!

      Excluir
  11. Oi Grazi.
    Concordo plenamente com Drummond nesse poema!
    Legal a brincadeira! Adoro poesias! Preferidos:
    Fernando Pessoa, Cecília Meireles, Cora Coralina, Drummond entre outros!
    Bjs. Deivi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deivi!
      Ele tinha razão né!! rsrs
      Que bom que gostou... esses autores são os melhores!!!
      Beijos!

      Excluir
  12. Oi Grazi,

    Linda a sua poesia. A Andressa convidou a todas aí me senti animada e também quis participar.
    Passa lá no eu blog conferir a minha poesia.

    http://larnovinho.blogspot.com.br/
    Bjus Joice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joice!
      Seja muito bem-vinda!!!
      Que bom que gostou :)
      Beijos!

      Excluir
  13. Grazi, que você topou o desafio!
    Adorei o poema escolhido!
    muito lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu so Ingrid!!
      Desafio cumprido! Que por sinal vir repercutir esse desafio com tamanha intensidade pela blogosfera que fiquei até emocionada com tantos poemas lindos...
      Beijos!

      Excluir
  14. Lindo!! A casa tem que ter a alma da gente mesmo.

    ResponderExcluir


NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover