Construindo Minha Casa Clean: 04/18/16

O que deu Errado na minha Construção! Dicas Quentes!



Gente, eu queria ter escrito esse post logo depois da mudança (nov./2013), deixei algumas informações em rascunho para não esquecer depois, mas só agora chegou o momento, kkk... também recebi alguns pedidos de leitores que queriam indicação do meu arquiteto, pois gostaram da casa e também são daqui do RS. Mas por vários motivos não recomendo, por isso nunca citei nome e contato aqui no blog. Achei ele honesto, sensato e pé no chão em diversos aspectos durante a administração da obra e para fazer a planta baixa, pois conseguiu colocar tudo que eu queria numa planta compacta, não usando de excessos em varandas e corredores, que só aumentam o custo de obra e quase nunca usufruímos. Também pelos valores cobrados foram bem mais em conta na época que demais arquitetos, tanto da planta como da administração, foram esses os pontos que me fizeram contratar ele, pois eu tinha recebido indicação. Ele é um profissional experiente, porém deixou a desejar em muita coisa fundamental em qualquer obra. Como contei naquele post dicas pré-obra, estava há anos correndo atrás de um terreno legal, depois passei meses trabalhando em cima de um projeto com minha primeira arquiteta e depois de ter descartado o projeto mesmo tendo sido bem caro e aprovado na prefeitura, mas ficou com desenho e tamanho diferente do que realmente eu queria, após tanta demora, fui indicada por um conhecido que construiu prédios comercias e apartamentos aqui na minha cidade e procurei o arquiteto. Só que o forte do meu arquiteto é construir prédios e pavilhões e não casas. Até antes de começar a construção ele falou que iria parar de administrar construção de casa por causa que envolve muitos detalhes e burocracia, diferente de prédios e pavilhões que são estruturas grandes e retas, sem detalhes. Ou seja, passei a obra toda falando com ele por telefone e email, preocupada para que tudo saísse dentro do normal, no prazo e quanto a detalhes de iluminação e interiores ele não tinha a menor noção, um dos motivos que me motivou a escrever e pesquisar ainda mais no blog. Também tem aquele ditado que diz que só construímos a casa certa na segunda casa, nunca na primeira, e por mais que amo minha Casa Clean, hoje teria feito muitas coisas diferentes, que vou citar aqui para vocês, a fim de ajudar para que muitos evitem os mesmos erros. Bom, construção é coisa de gente grande, tem quem jura que nunca mais constrói depois da primeira experiência, rsrs...


Em primeiro lugar, meu arquiteto não era é um profissional moderno, com visão de arquitetura moderna, muito menos interiores, nem projeto em 3D ele apresentou. Imagina o medo de construir a casa sem antes ver em AutoCad, porque só na planta não temos aquela noção de espaço e tamanho, aff... depois que a obra estava pela metade ele me enviou por email um projeto em 2D todo errado, que o estagiário dele tinha feito, que foi a mesma coisa que nada, já que estava errado e ainda em 2D só a visão externa da casa. 


Segundo lugar, levei o projeto pronto do que eu queria e pedi para ele fazer a planta dentro da metragem, a planta não foi criação dele, bem pelo contrário, rsrs. Sem falar nesse ponto super negativo para nós que procuramos profissionais modernos, pedi para ele fazer orçamento para administrar a construção e depois durante a obra ele vinha me dizer que tinha materiais que estavam até 5x mais caro do que ele havia orçado, que ele não usava tal material há 2 anos, exemplo os vidros, etc. Fora que ele colocou no projeto cerâmica e não porcelanato, imagina? Ainda que eu tinha passado para ele imagens e nome dos materiais que eu tinha por prioridade nos revestimentos, depois ele me diz que orçou cerâmica, fiquei pirada e dai tive que pagar por fora do valor do contrato da obra os revestimentos que eu queria, como porcelanato, laminado, enfeite dos azulejos. 


Terceiro ponto e acho que o mais importante, ele calculou mal a estrutura da casa, os pilares da fundação, previu 3 metros e fez a planta, sendo que teve pilares com 7 metros e dai quem teve que improvisar foi os pedreiros, como consequência a casa ficou toda torta, que tiveram que alinhar na hora de rebocar as paredes! E devido a isso, a casa está cheia de rachaduras, que terei que contratar um engenheiro para ver o que será necessário para não comprometer a casa futuramente.


Quarto ponto negativo, na planta não apareceu onde desceriam os canos e depois ele encheu de vigas pela casa toda com canos para escoamento, tive que ficar em cima e mandar emparelhar algumas vigas com a parede, para parecer uma coisa só e não uma viga, por exemplo em cada lado da lareira, foram mais de 10 vigas ao todo! 


Quinto ponto, contratou uma empreiteira que ele ainda não conhecia, então não conhecia o serviço dos pedreiros, e essa empreiteira foi horrível, deixaram a casa torta como falei, que foi arrumada com o concreto, mas tem pontos que não deu para arrumar, fizeram a escada que desce para o terceiro piso toda errada, com degraus menores e maiores e tortos, péssimo acabamento na pintura, nos detalhes como corrimão, cantos dentro dos banheiros, escada e paredes externas da casa! Sem falar que o mestre de obra, dono da empreiteira foi muito mal educado em alguma situações, tanto que eu evitava ir na obra em horários que sabia que ele estava e deixaram a casa na maior sujeira, não cobriram os pisos e azulejos, então sujou e manchou muita coisa, que depois tive que ver produtos próprios para remoção de manchas para ver se resolvia o problema. 


Sexto ponto, ele fez um contrato básico de administração de obra, não descrevendo os materiais a serem utilizados, apenas as etapas e o valor total da obra. Com isso, chegando na parte mais cara, que são os revestimentos, pedras, porcelanatos, louças sanitárias, o arquiteto alegou que não teria verba, eu tive que comprar tudo fora do contrato, o que me gerou um gasto extra inesperado. Além que durante a obra os pedreiros contratados por ele, ficavam pedindo que eu pagasse a mais para eles por ora, devido a imprevistos que o arquiteto ocasionou, como do terreno que não foi medido corretamente e eles tiveram que fazer os pilares bem maiores, e esse extra eles nos pediam particularmente para não se queimarem com o arquiteto, já que ele poderia contratar eles novamente, e se eles cobrassem a mais dele, poderiam perder essa oportunidade para novas obras. Como Deus é justo, essa empreiteira incompetente rompeu sociedade logo após minha obra, aff


E para resumir sétimo ponto negativo, no contrato era para o arquiteto me entregar a casa em 6 meses e levou 9 meses, arquiteto e pedreiros atrasaram 3 meses, porque tinha semanas que apareciam apenas 2 vezes, eu reclamava para o arquiteto e ele dizia que eles tinham avisado ele, porque tinham que terminar alguma coisa em outra obra e que não tinha problemas que fariam tudo a tempo e assim foi, cansei de reclamar e atrasou tudo!! Tanto que para os pedreiros terminar os acabamentos eu tive que dizer para o arquiteto que queria a chave naquela semana, pois tinha que começar a limpeza da casa e o que era necessário para dar andamento logo na mudança, já que o prazo estava atrasado, então os pedreiros entregaram a chave naquela semana, mas deixaram faltando acabamento na pintura em vários pontos, reclamei para o arquiteto e ele queria mandar um outro para fazer esses retoques, dai como eu conhecia a enrolação dele, disse que deixava assim que eu pediria para o pedreiro que eu iria contratar para fazer os muros para terminar isso, vê se pode! Por isso não divulguei o nome do arquiteto no blog, menos ainda contato, pois não recomendo, nem ele nem a empreiteira que ele contratou. Como não queria me incomodar, pois já havia me estressado demais durante a obra toda, deixei por isso mesmo, mas sei que deveria ter cobrado tudo e ainda mandado o arquiteto exigir limpeza e remoção de manchas nos revestimentos e concertar aquela escada, mas sei que iriam enrolar mais meio ano ou não iria aceitar e eu teria que partir para justiça, tudo que eu não queria, pois o desgaste é grande para as vezes receber pouco retorno. E o que mais queria no final de obra era a minha mudança, descansar e usufruir do meu lar doce lar! rsrs... ufa, ainda bem que passou!



Agora o que eu não teria feito hoje na casa:

- Pintura branca - suja, encarde, amarela, teria usado cor creme off white nas paredes.
- Piso branco no banheiro e na garagem. Pensa que aparece toda sujeira, fios de cabelos no banheiro e muita terra, cisco na garagem que entra com o carro e não tem como evitar, fora manchas de óleo.
- Falta de beiral acima das aberturas. Como a casa tem platibanda e o telhado aparente que protege as paredes e evita chuva nas aberturas, e na minha casa não tem, qualquer chuva tenho que fechar todas as janelas para não molhar dentro de casa. Na porta de entrada quando chove molha para dentro se abrir a porta. A pintura se desgasta bem mais rápido por conta disso, devido o sol e chuva na ausência do telhado aparente, mas acaba tornando a obra mais econômica. E as infiltrações na parede da frente e lateral, que pega a parte do quarto de visita e do meu escritório.


- Falta de massa corrida nas paredes. Como o arquiteto estava administrando a obra e apelando para economia, as paredes foram apenas rebocadas e pintadas, assim a fachada pareceu uma polenta e por dentro aparece todas imperfeições.
- Piso laminado nos quartos. Amei meus pisos, são lindos e de qualidade, porém se molhar incha e estraga, então teria usado o vinílico, por mais que aqui na época o valor estava mais que o dobro e hoje tem até por valor menor que do laminado.
- Rodapé branco Santa Luzia. Esses rodapés são lindos, mas encardem e não existem produto que limpe!!! Eles devem ser pintados, mesmo assim não resolve. Só pintando toda vez que encarde e suja. Tem quem usou os brancos da Durafloor e não tiveram esse problema, nem precisa pintar, então usaria esse ou porcelanato embutido na parede, para evitar poeira em cima.
- Pergolado com vidro na garagem fechada. É lindo e moderno, mas quando tem sol, vira uma sauna, insuportável de calor. Então tenho que colocar película ou cortina de teto. Usei porque se fosse feito chapa o custo seria bem mais alto e não era viável no momento.


- Banheiro do meu quarto seria um pouco maior. Hoje eu iria priorizar o banheiro um pouco maior, para ter espaço maior no box com dois chuveiros e duas cubas na bancada.
- Cubas de sobrepor não usaria nos banheiros, apenas no lavabo. Por serem altas ou pequenas, elas respigam água no chão e quando nos lavamos o rosto escorre água nos braços, aff... então usaria cuba de semi encaixe ou esculpida na bancada.
- Janela no banheiro do quarto. Não teria feito a janela ao lado da banheira, pois preciso pisar dentro da banheira para fechar e abrir a janela.


- Aberturas de alumínio blindex. São caras, mas o valor é em média 3x menor que as de PVC, porém elas vazam água quando chove muito em alguns ambientes, passa vento frio no inverno e poeira, coisa que não acontece com PVC pois fica super bloqueada. No caso do vento as cortinas protegem.
- Corrimão da escada e guarda corpo da sacada de ferro. O arquiteto optou por esse pelo valor mais acessível, mas usaria hoje inox na sacada e vidro na escada, mais moderno.


- Escada usaria pedra também no espelho do degrau e rodapé. Como apenas pintei o espelho dos degraus, sempre marca de calçado e suja a lateral da parede dos degraus.


Bom, tem coisas que só depois da mudança que vamos percebendo erros e acertos... mas muita coisa pode ser reformada no decorrer do tempo. Só tenho a agradecer a Deus por esse conquista, pois levei anos escolhendo o terreno ideal, pesquisando ideias, projetando, sonhando e batalhando para adquirir! E como dizem, o melhor ainda está por vir!! rsrs... 


Alguém se identificou?
Alguma coisa a acrescentar? rsrs...
Leia Mais ►

NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover