Construindo Minha Casa Clean: 13 Dicas de economia para casa e no mercado!

13 Dicas de economia para casa e no mercado!

Você precisa economizar? Precisa reduzir gastos domésticos e não sabe como fazer? Então, eu utilizo essas dicas aqui em casa e dá muito certo. Isso ajuda a manter o orçamento mensal em dia, em ter mais equilíbrio para não gastar além do que precisamos, desde economizar na compra e no consumo de produtos de higiene, de limpeza e dos alimentos, assim como, ter o consumo consciente na hora de utilizar e comprar os eletrodomésticos que consomem mais ou menos energia elétrica. Ficaram curiosos? Então, venham comigo conferir tudo!
Vamos começar pelas compras no mercado, lá encontramos diversas marcas e preços. Para termos uma boa economia é preciso comprar os produtos certos...


1. Compra dos produtos de limpeza / higiene


1. Avalie os produtos pela marca/valor


Nem sempre o mais barato será o mais econômico, pois as vezes compramos o mais barato mas teremos que consumir o dobro para ter o mesmo efeito, que geralmente acontece com detergente de louça e sabão líquido para lavar as roupas. Então, analise as marcas que mais gosta e o valor, assim não compre o mais barato e nem o mais caro, mas um produto intermediário, com valor acessível e de boa qualidade.


2. Escolha os sachês e os refis de produtos


Aos invés de pagar mais pela embalagem, o frasco original, compre em sachês ou refis, que são as embalagens econômicas e você reutiliza o frasco que já tem em casa para não perder produto na hora de consumir. Isso é muito válido para amaciantes, sabão, sabonete líquido e alvejantes para roupas.


3. Prefira os produtos concentrados


Seguindo as duas dicas acima, agora dê preferência para os concentrados, onde usamos menos quantidade e assim gera maior economia.


4. Escolha marca x quantidade x preço


Isso mesmo, precisamos analisar a qualidade do produto, mas também a quantidade que tem na embalagem para garantir uma economia na compra. Por exemplo, o papel higiênico, analisamos qual queremos papel de folha simples ou dupla, escolhendo a folha dupla, tem a embalagem com valor x e com 30 metros e outro com valor y com 50 metros. Assim, vale muito a pena pegar a calculadora e fazer as contas no mercado para ver qual será mais econômico.



2. Compra dos alimentos


5. Quantidade x preço


Da mesma forma que com os produtos de limpeza e higiene, precisamos ver os alimentos para se ter uma boa economia. As vezes preferimos comprar 1/2 kg de feijão que parece ter o custo menor que a embalagem de 1 kg, já se consumimos pouco priorizamos o menor valor com menor quantidade, mas assim acabamos pagando mais caro. Da mesma forma, para famílias que consomem bastante arroz e açúcar, então a compra de pacotes de 5 kg se tornam mais econômicos que os de 1 kg.


6. Alimentos em sachês


Prefira comprar os produtos de alimentos em sachês ao invés dos potes, que vai gerar uma economia bem grande. Por exemplo, na maionese, café e nos molhos prontos.


7. Dia de oferta no mercado e na fruteira


Agora uma boa dica antes de sair para ir no mercado ou na fruteira para comprar as frutas, hortaliças e saladas, veja qual o dia que o mercado ou a fruteira tem oferta, geralmente nesse dia os valores estão bem abaixo do que de costume, as vezes, nas fruteiras a compra de frutas e verduras se torna bem mais barata do que no mercado, mesmo em dias que não se tem oferta. Então, vale muito a pena conferir primeiro e economizar bastante!


3. Consumo consciente


8. Quantidade menor e substituir


Vamos começar pela quantidade dos produtos que nós usamos. Nem sempre usando muito produto significa que ele terá uma boa reação química, do que se utilizar um pouquinho. 

Também podemos substituir o amaciante pelo vinagre branco, ele vai deixar as roupas macias até mais que os amaciantes. 


Outra dica é no consumo do shampoo, podemos colocar apenas uma pequena quantidade na palma da mão, no tamanho de uma moeda que será o suficiente para deixar o cabelo espumoso e limpo.


E também com o creme dental, nada de esbanjar colocando muito produto na escova, apenas um pontinho de creme já será o suficiente para escovar os dentes, pois o que fará o efeito será o reagente abrasivo que vai esfoliar, fazer toda aquela limpeza.


9. Economize luz e água


Acho que a maioria de nós cresceu ouvindo do pais para deslizar a luz ao sair dos ambientes e fechar as torneiras e o chuveiro se não estiver usando, concordam? Isso é um básico que todo mundo sabe! A gente não deve esbanjar energia elétrica, ainda mais no valor bem alto que se encontra, e não deixar nossa torneira desperdiçando água sem necessidade alguma.


10. Estabeleça metas de gastos


Estabeleça uma meta de valor que você quer gastar por mês ou por semana no mercado e na fruteira. Quando a gente quer preparar algo diferente em casa, a gente vai no mercado e compra. Mas se a gente fizer uma lista de compras ou de cardápio da semana, não vamos precisar ficar comprando toda hora o que faltar. Geralmente temos produtos variados que podemos fazer a substituição de um pelo outro, pois se você estabeleceu ir no mercado toda segunda-feira e chegou a sexta-feira e você quis fazer um bolo de cenoura mas só tem laranja em casa, faça um bolo de laranja, reinvente a receita ou faça outro prato, tudo para economizar e você seguir sua meta semanal ou mensal de compras. Pois geralmente quando vamos no mercado acabamos comprando além do que precisamos e assim conseguimos manter um controle maior.


11. Pesquise e compre em promoção


Outra super dica para quem está economizando, é comprar coisas para casa que estão em promoção. Antes de sair comprando em qualquer loja, pesquise primeiro em casa na internet o produto que você quer. As vezes nas lojas online terá o mesmo produto com custo menor do que na loja física, porque não tem os mesmos impostos. Então, vale muito a pena pesquisar para economizar!


12. Eletrodomésticos selo A


Quando vamos comprar nossos eletrodomésticos, tem um selo ali que mostra a energia elétrica que ele consome, então sempre priorize os que tem o selo A, porque é o que mais vai ter economia, seja no ar condicionado, na geladeira, na batedeira, por exemplo, e fiquem atentos a isso também.


13. Passar as roupas 1x por semana


E a última dica é o consumo consciente na hora de passar as roupas. Tem peças de roupas que são mais grossas ou jeans que não é preciso passar, principalmente se assim que tirarmos do varal ou da secadora, já dobrarmos certinho e guardarmos. Mas tem tecidos mais finos e delicados ou camisas que não tem como não passar, nesse caso, acumule as roupas para passar no máximo 1x na semana, pois o ferro assim como o chuveiro elétrico são os que mais gastam energia elétrica. No caso do ferro, quando ligamos e desligamos se dá o maior consumo, e passando todas as peças uma única vez gera uma maior economia do que ficar passando roupa todo dia, só uma peça quando for preciso. Então faça isso para economizar!


Veja mais no vídeo abaixo! Inscreva-se no canal Casa Clean TV para receber novidades :)



Imagens via Google

Bom gente, espero que vocês tenham gostado!
Vocês já colocam em prática alguma dessas dicas?
Me contem aqui nos comentários...

2 comentários:


NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover