Reformar móveis: 7 dicas para dar um up em sua casa

O sonho de todo adulto é comprar um imóvel e decorá-lo. Mas isso nem sempre é uma tarefa fácil. Comprar móveis, ou mandar fazer planejados tem ficado cada vez mais caro.

IMAGEM FREEPIK

Mas existe uma solução mais simples para quem quer uma casa totalmente renovada sem gastar muito. É possível reformar móveis que já existem e deixá-los com outra cara.

Basta alguns materiais e criatividade para reformar móveis e deixá-los como se fossem novos. Escolha as suas cores favoritas e mão na massa!

Veja as dicas que separamos para reformar móveis e renovar a sua casa.

Principais vantagens de reformar móveis


São inúmeras as vantagens de se reformar móveis. Mas a principal delas é o custo benefício. É como ter um móvel novo por um preço muito pequeno.

Esse é um hábito que envolve a saúde financeira da família e que também apoia a sustentabilidade. Afinal de contas, o reaproveitamento é a dica do momento.

Os móveis reformados também ficam personalizados e conseguem deixar a casa ainda mais parecida com a personalidade do seu dono. Por isso, além das vantagens econômicas, existem as vantagens de decoração.

É possível ousar nas cores, montar uma paleta que não é tão fácil de ser encontrada nas lojas e deixar tudo com muito estilo.

Diferença entre restaurar e reformar móveis


Reformar móveis é mais simples do que restaurar móveis. Isso porque a reforma visa a estética. É preciso lixamentos simples, boas camadas de tinta e nada mais.

O restauro visa cuidar de pedaços que já estão deteriorados. Por isso, é muito mais difícil e requer maior atenção. É preciso substituir madeiras, trocar dobradiças e o que mais for necessário.

A restauração de móveis é muito utilizada por antiquários e quem gosta de móveis vintages. A reforma de móveis pode ser feita em qualquer modelo mais novo.

Sempre que for reformar móveis escolha produtos que sejam compatíveis com o material do móvel. Por exemplo, móveis de metal precisam de tintas específicas.

É possível reformar móveis planejados?


Os móveis planejados são feitos para ocupar todos os espacinhos de onde estão localizados. Por isso, eles dão uma sensação de que não é possível desmontar para reforma.

No entanto, é mais simples do que parece. Assim como qualquer outro, reformar móveis planejados requer apenas paciência e cuidado na escolha dos materiais.

Desmonte o móvel guardando onde exatamente cada peça será encaixada novamente e pronto. É só decorar da maneira que for mais conveniente.

Cuidado com as peças de móveis laminados, para que a lâmina não solte quando os móveis forem desmontados. Alguns cuidados com materiais que riscam facilmente como sempre manter uma coberta entre as peças também são válidas.

Cuidados a se tomar na hora de reformar móveis


Mesmo que a intenção não seja o restauro das peças, na hora de reformar móveis é preciso ter atenção e alguns cuidados.

Esses cuidados vão desde a desmontagem, quando as peças ficam mais vulneráveis a riscos ou quebras até a hora de colocar tudo no lugar novamente.

Em qualquer situação, outro ponto importante da reforma é a limpeza. As peças precisam ser limpas completamente antes de começar a reforma e secas. Nunca deixe a sua peça úmida, não importa o material.

Se você não sabe identificar a montagem da peça, marque com um giz para que não danifique a peça e seja possível posicioná-la depois.

Pequenos reparos precisam de atenção


Muitas vezes, na hora de reformar móveis, alguns reparos são necessários. Sejam eles por desgaste ou por má utilização.

Por exemplo, se o seu móvel é de madeira e tem marcas de copos pela superfície é importante retirá-las antes de colocar qualquer tintura. As marcas podem aparecer e deixar a peça sem um bom acabamento.

As peças de madeira sofrem muito com a ação do tempo. Por isso, o ideal é sempre passar óleo para que elas sejam hidratadas. E isso vale para a reforma também. Passe óleo de peroba e deixe a peça secar com o tempo.

Às vezes, os fundos de gavetas e armários precisam ser trocados porque são de materiais mais finos. Troque-os sempre antes de reformar os móveis.

Já as peças em metal podem contar com pontos de ferrugem. Isso não quer dizer que a peça precise ser descartada. Existem produtos que podem cuidar desse problema. O ideal é utilizá-los antes de começar a reforma.

Reutilize outros móveis ou peças


Reformar móveis é criar soluções criativas para objetos que já estavam em uso. Então, caso precise de algum reparo sempre busque em outras peças.

Substitua pedaços de madeiras ou gavetas de outros móveis de casa. Troque detalhes por outros que existem em outras peças. Misture o que for necessário para que os seus móveis ganhem maior tempo de vida.

Faça você mesmo a reforma dos móveis


Na hora de reformar móveis todo mundo pode colocar a mão na massa. Faça dessa tarefa um momento terapêutico.

Escolha o estilo que quer dar para as peças, paleta de cores, produtos de limpeza e reparo e comece devagar. Lixe e limpe o que for necessário. Hidrate madeiras e trate ferrugens. Tudo aos poucos.

Para reformar móveis basta ter muita atenção às etapas que precisam ser executadas. Tenha paciência para as pinturas e utilize sprays que facilitam a aplicação.

IMAGEM FREEPIK

Divirta-se durante o processo


A criatividade é a melhor amiga na hora de reformar móveis. É um processo que pode ser divertido. Envolve cores e formas que dizem muito a respeito do que você gosta.

Faça o projeto no papel, se empolgue escolhendo tudo que vai utilizar e separe um tempo especial para concluir essa tarefa.

Esse também pode ser um momento colaborativo, de colocar a família para trabalhar junto!

Conclusão


Não importa o estilo que você goste, ele pode estar nos móveis que você já tem em casa. Para isso, elabore um bom projeto para reformar móveis.

Eleja a sua paleta de cores preferida e disponha de um material de qualidade para reformar. Tudo isso pode ser muito divertido.

O resultado final é um ambiente totalmente renovado sem móveis novos. Ou seja, sem gastar muito!

Precisa de ajuda para decorar sua casa? Faça uma consultoria de interiores online com projeto 3D à distância AQUI.

Gostaram? 
Comente aqui!

0 comentários