Construindo Minha Casa Clean: Estilos de Decoração!!! Nas Fachadas e Interiores!

Estilos de Decoração!!! Nas Fachadas e Interiores!


Qual o seu?


É tanta informação no mundo da arquitetura e da decoração, que as vezes nos deixa bem confusos.
Entro num blog e vejo postagens e comentários com o nome de um estilo, entro em outro, já é outro nome, mas como saber quais são esses estilos e como identificá-los de forma simples? 
Então pesquisei aqui e ali e encontrei inúmeros nomes e que existem mais estilos de decoração do que países do mundo, rsrs... então foquei somente nos mais utilizados!!
Toda escolha depende do gosto individual, para que nossos ambientes possam refletir nossa personalidade, através das cores, móveis e objetos!
Uma idéia muito interessante é misturar os estilos!!
Vamos conferir!

Estilo Contemporâneo


Bastante parecido com o minimalista, traz uma idéia de serenidade, beleza e funcionalidade, além de mostrar-se simples, moderno e clean. É um estilo que pede despojamento nas peças decorativas, combinando as formas arredondadas com as retas. O elemento que mais evidencia o estilo contemporâneo é a linha: detalhes arquitetônicos, tetos altos e janelas nuas, onde cada peça se destaca como individual e única. A mobília tende a ser espaçosa, lisa e com traços simples. O armário costuma ser amplo e embutido, e os ambientes são integrados e versáteis, acolhedores e temporais. As cores principais deste estilo são os neutros, preto e branco. Sendo o preto muito utilizado em pisos, paredes e mobiliários, o que transmite com sutileza, uma atmosfera moderna. Paredes pintadas em tons neutros criam um cenário perfeito para usar e abusar de acessórios coloridos. O mobiliário é liso, limpo e marcado por formas geométricas. Móveis e estofados nas cores preto, branco ou outros tons neutros. Peças simples e organizadas, sem curvas ou excessos de detalhes. Diferente do estilo minimalista, os quadros, as fotos de família e souvenirs são bem-vindos nesse estilo de decoração, mas é preciso comedimento, já que como o estilo anterior, ele prefere um ambiente mais vazio. Paletas de cores claras (principalmente o branco) ou escuras compõem espaços e móveis, em que o desenho limpo e detalhes sutis, quase imperceptíveis, trazem sofisticação e sensação de bem-estar. O Piso de uma casa de estilo contemporâneo deve ser descoberto e liso. Os padrões mais utilizados são madeira, cerâmicas, porcelanatos e cimento queimado. Havendo necessidade de tapetes para o controle de som ou calor, opte por tipos lisos ou com estampas geométricas. O lema do contemporâneo é a frase cunhada pelo arquiteto alemão Mies Van der Rohe no início do século 20: Menos é mais. Hoje, este é o estilo mais usado no mundo todo, pois acompanha a praticidade da vida moderna. Além disso, ele permite mesclar outros estilos, o que ajuda a disfarçar seu ponto fraco: a pasteurização dos espaços. Isto porque a decoração contemporânea pura torna todas as casas iguais. Já, ao inserir objetos de vertentes diferentes, consegue-se dar personalidade aos ambientes. Os designers costumam criar suas peças com metal, cromo, madeira e vidro, combinando muitas vezes diferentes materiais em uma única composição. As linhas e formas, entretanto, continuam dando vazão ao estilo moderno, com linhas retas e curvas gentis. É o estilo que combina a decoração moderna com estilos e conceitos de outras épocas, muita luz natural e mobília sofisticada. A decoração contemporânea é para quem é moderno, elegante e gosta de ambientes funcionais, mas não tem medo de misturar diferentes estilos. A decoração contemporânea é a chance de criar um ambiente único, criativo e original!


1- Na fachada! Cores claras e vidros!!

2- Na decoração de interiores! Cores claras e escuras, neste caso o piso claro e os móveis escuros, objetos com linhas retas e modernos e muito vidro!

Estilo Moderno


O estilo moderno preza por móveis com ângulos retos, cores neutras, um bom espaçamento entre a mobília. Acredita que a cor do ambiente tem que vir através de algumas peças chave e não de uma parede, por exemplo. A decoração moderna é essencialmente clean e, se possível, assinada por algum designer de peso. Apesar de ser extremamente elegante e com uma possibilidade mínima de pecar por excesso, o estilo moderno é considerado por muitos como uma forma muito fria e impessoal de se decorar um ambiente. Embora o nome sugira algo completamente inovador isso não quer dizer que uma decoração moderna precisa ser feita com móveis futurísticos e com designs extravagantes. Esse são sim alguns elementos que podem estar presentes, mas o grande foco é a mistura, a inovação, e o grande apelo para ambientes clean e bem resolvidos, organizados. Há diversas opções para a decoração, como: apostar nas cores neutras e móveis futuristas com linhas retas, ou partir para o oposto com cores fortes e móveis que sugiram um certo movimento ao ambiente. Um bom ambiente moderno é pensado antes de ser feito, é interessante você projetar como ficará sua sala ou quarto antes de sair montando. Além disso, é bem comum que o estilo moderno se misture com o contemporâneo e o minimalista e estes convivam muito bem na mesma casa ou até no mesmo ambiente.

3- Fachada moderna e futurística! Traços diferenciados e retos, muito vidro, combinação de cor clara com vibrante!

4- Na decoração de interiores! Muita iluminação, cor branca, preta, cores vibrantes, objetos de alta tecnologia e vidros!

Estilo Minimalista


Conhecido pelo lema "o menos é mais" é um estilo que busca apenas o essencial, aliando estética e funcionalidade. O minimalismo valoriza a organização, retirando do espaço tudo o que não for de fato utilizado. Ele se caracteriza pela simplicidade de suas formas, linhas puras, espaços despojados e cores neutras, resultando em um ambiente com equilíbrio e harmonia. É contra toda forma de excesso, saturação e contaminação visual na decoração de interiores. Compreende que todo ambiente decorativo deve ser suave, sereno e com ordem. Ou seja, no minimalismo todos os elementos devem combinar entre si e formar

uma unidade. Esse estilo prefere janelas lisas, rodapés planos, chão com piso sem quebras e mobília clean. Os materiais mais utilizados são: madeira, vidro, inox, espelho, cromado, granito e mármores e os pisos que melhor ornam com ele são os de linóleo, betão, pedra e madeira. Já no que diz respeito às paletas de cores, prevalecem o preto, o branco, o cinza e outras cores neutras que tenham função de ampliar o ambiente. Se preferir uma decoração nesse estilo, eis uma dica importante: os eletrodomésticos são peças decisivas na decoração, pois como esse estilo não gosta de elementos decorativos, são os eletrodomésticos que farão essa função. Isto não quer dizer que não possa existir uma única jarra, livro ou escultura sobre uma mesa ou estante, mas que essas peças não devem ser escolhidas para encher o espaço, mas antes porque são, em si só, uma afirmação ou então porque são absolutamente essenciais para o dia-a-dia. Uma bonita planta numa esquina da sala, uma jarra com ramos de árvore ou uma orquídea em flor sobre uma mesa são sempre boas escolhas, até porque emprestam uma lufada de ar fresco e um pouco de vida, mesmo aos ambientes mais minimalistas.

5- Fachada minimalista! Traços retos e simples, sem detalhes, cores em branco e cinza!


6- Na decoração de interiores! Cores em branco, cinza e preto, apenas uma plantinha e um quadro simples para trazer vida ao ambiente! 

Estilo Clássico


Estilo que privilegia os espaços amplos e altos. Normalmente associado ao luxo e à padronização, pois pede peças de qualidade e de design assinado. Valoriza a simetria e também as peças antigas. Neste estilo englobamos o francês e o inglês e suas variantes. Caracteriza-se por decorações refinadas, com muito trabalho nos tetos e nas paredes (as famosas boiseries, que se transformaram nos lambris que hoje conhecemos), tapeçarias, lustres de cristal, espelhos, mobiliário entalhado, cores fortes, como dourado, vinho e vermelho e tecidos sofisticados, como seda e veludo. Ele reflete a opulência européia do século 17, com seus castelos e palácios decorados ricamente para sediar grandes festas e banquetes. No que diz respeito ao mobiliário, o estilo clássico prefere móveis de cerejeira e mogno. Destacam-se os detalhes em gesso, as peças douradas, os cortinados longos e os espelhos com molduras talhadas. Dentre as cores mais comuns para o estilo, encontramos o preto, o bordô, o azul marinho, o castanho, o creme e o cru. Os ambientes são vistos como espaços de socialização, por isso, até mesmo o banheiro deve ser decorado para tal fim, contendo, inclusive, cadeiras em seu interior.

7- Fachada clássica! Imponência nos detalhes e formas antigas!

8- Na decoração de interiores! Luxo, requinte, tecidos pesados e com babados, móveis e objetos de modelagem antiga!

Estilo Rústico


O estilo rústico possui elementos decorativos singulares. Remete a um regresso ao passado, cuja origem destaca móveis gastos pelo tempo. Assim, podemos associar o estilo rústico às antigas casas de campo. No entanto, o estilo pode ser recriado para qualquer especificidade de ambiente. Suas peças contêm intrinsecamente personalidades e histórias de outros contextos históricos. Além disso, possibilitam uma decoração versátil, aconchegante e de fina beleza. Madeira bruta e escura, em que veios, ranhuras, nós e rachaduras ficam aparentes, é o material que mais caracteriza o mobiliário deste estilo. Mas aqui também são bem-vindas as composições com fibras naturais, como vime, taboa e bambu. São peças de linhas retas e simples, que integram o homem à natureza. Apesar da rusticidade, estes móveis têm trânsito livre em decorações sofisticadas, proporcionando contrastes elegantes. Normalmente as camas são mais estreitas e de madeira e os armários de grandes dimensões. A imperfeição é vista como bela, por isso, muitas vezes a pintura da parede é rústica, as vigas são deixadas à mostra e o mobiliário não combina entre si. As colheres de pau, a cerâmica, o artesanato, e as peças feitas à mão ganham destaque nesse estilo, bem como quadros e espelhos antigos. Na paleta de cores, encontramos as cores de tons de terra, o branco sujo e as tonalidades pastel. Os cortinados costumam ser frescos, claros e discretos.

9- Fachada rústica! Aberturas e guarda corpo em madeira e cores mais voltadas para o marrom e amarelo queimado!

10- Na decoração de interiores! Sofás de vime, cores neutras, mesa de centro de tora de árvore, móveis na cor madeira!

Estilo Retrô


O estilo Retrô surge como resposta às tendências e cotidiano de vida dos anos 50, 60 e 70. Por ser uma decoração muito forte, torna-se um desafio aderir a esse estilo tão dinâmico. Mesmo assim, todos os elementos decorativos próprios desse estilo são funcionais e duradouros. Os móveis Retrô possuem características próprias, com linhas simples, porém sofisticadas. Esse estilo costuma ser marcado, por exemplo, por sofás largos e longos, bancos cromados, cadeiras suaves, poltronas arredondadas, superfícies lisas com muito brilho. As peças do estilo Retrô existentes hoje são consideradas móveis de puro design,
pois seu traço kitsch é facilmente identificado. Elas podem ser encontradas em feiras e lojas de decoração especializadas em antiguidades. Sejam originais ou de segunda mão, optar pela escolha delas é sempre uma boa alternativa decorativa. Dentre os materiais utilizados, podemos destacar os cromados, os espelhos, a madeira não trabalhada, o lamé e o linóleo, podendo ser misturados independentemente das cores, padrões e texturas. As tonalidades fortes são típicas deste estilo: vermelho, laranja, azul, verde, lilás e cor-de-rosa. Em um ambiente Retrô, é muito comum encontrar as combinações entre as cores, principalmente as
combinações entre vermelho, preto e branco. Na preferência por um ambiente mais leve, cores neutras como branco, castanho-claro, bege e creme são recomendados. Todavia, é difícil escolher esse estilo para cobrir as cortinas, almofadas e estofados, pois ele possui padrões ousados, como os axadrezados, psicodélicos, as formas geométricas e até abstratas. Como o papel de parede foi muito usado neste estilo nos anos 50 e 70, sua existência na decoração de interiores se faz obrigatória no Retrô. No caso de optar por pintar as paredes, use tons claros, exceto o branco. Os têxteis mais recomendados são
vinil, veludo, rendas e felpo. Para decorar as paredes, os quadros mais adequados são aqueles com formas geométricas, estampadas, ou ainda, os preferidos com ilustrações vintage (fotografias preto e branco) com imagens antigas de artistas de Hollywood, fotografias de revistas antigas, ou uma coleção de discos de vinil. Outro elemento para esse tipo de decoração são os espelhos em grandes dimensões, os tapetes majestosos e felpudos e os azulejos dispostos de forma axadrezada como piso. Na cozinha, o que combina mais com o estilo Retrô são os eletrodomésticos da época. Algumas peças costumam divertir a decoração, como bolas penduradas, candeeiros de lava, esculturas e obras de arte com visuais fortes.  Retrô é algo novo, relançado igual ou semelhante ao antigo, é uma recriação ou reedição. Isso vale para móveis, objetos, roupas, brinquedos, carros, eletrodomésticos etc.

11- Fachada retrô! Marcada por estilo antigo com cores pink e verde!

12- Na decoração de interiores! Cores vibrantes, móveis novos remetidos para o estilo antigo! Essa geladeira e essa mesinha ao lado, não foram fabricados nos anos 70 mas hoje, no entanto com aparência dos anos 70!!

Estilo Vintage


Vintage vem do termo em inglês que quer dizer “safra de vinho”, portanto os móveis vintage nos dão a idéia de que quanto mais antiga a “safra”, melhor a qualidade. Esse estilo resgata os elementos das décadas de 20 a 60. Geralmente, suas peças são de alto valor por serem originais da época. Na decoração vintage, os objetos, tanto móveis quanto peças do mobiliário, como porcelanas, cristais, luminárias, eletrodomésticos, embalagens etc. são originais da época, podendo ser encontrados ou garimpados em antiquários ou lojas do gênero. Cores conservadoras - beges, cáquis e camelos - recebem o capricho de debruns, botões e texturas e a leveza e alguns elementos, como os pés palitos, as gavetas inclinadas que dispensam puxadores. Sofás horizontais e mais “sequinhos”, as bases torneadas para todo tipo de móveis e os acabamentos contrastantes na madeira.

13- Fachada Vintage! Cores suaves e estilo antigo!


14- Na decoração de interiores! Móveis de madeira antigos originais e cores suaves como o branco, rosa e azul claro!


Estilo Japonês


Esse estilo foi descoberto pelos ocidentais no século XVI. Deu origem ao que hoje denominamos mininalismo. O estilo japonês é atualmente muito apreciado na Europa e nos Estados Unidos pelo seu design, filosofia zen e religião budista. O estilo japonês costuma ser marcado pela simplicidade, com a utilização de materiais simples, como a madeira papel e bambu, e pelas cores vermelho, preto, branco
e dourado. O ambiente deve proporcionar um equilíbrio entre espaço e demais objetos de decoração, além disso, é frequente o uso de portas de correr e a incidência de luz indireta.

15- Fachada japonesa! Cor branca, design inovador e traços simples!

16- Na decoração de interiores! Móveis pretos, próximos ao chão e muitas almofadas!

Estilo Oriental 


Potencializado pelo fenômeno comportamental chamado de Cocooning (cocoon em inglês significa casulo, portanto: encasulando-se), em que as pessoas passam cada vez mais o seu tempo livre dentro de suas residências, esta tendência nos trará também o conforto horizontal com muitos assentos de chão, futons e sofás com muitas almofadas . É um convite ao convívio comunitário protegido da agitação e da violência externa. Acabamentos como o Ebanizado (um tingimento preto em que se enxergam os veios da madeira), o Nanquim, que é uma pintura inspirada na tradicional laca chinesa assim como no tom da tinta da rica escrita oriental; e por fim o vermelho, de forma envelhecida, porém, de inspiração diretamente ligada à cor oficial deste país e também por sua forte carga cultural. O Rubro aparecerá em peças emblemáticas como o tradicional buffet Chinês e reproduções do mobiliário vernacular, como os conhecidos bancos ornamentados. A mistura do Rubro com acabamentos como o Tabaco, o Tingido Mogno e até o Mel formam o pano de fundo. 

17- Fachada oriental! Tradicional pelo telhado pontiagudo e cores em vermelho, preto e dourado!

18- Na decoração de interiores! Móveis de madeira cor tabaco próximos ao chão, paredes e objetos em tons pastéis, almofadas e iluminação indireta!

Estilo Romântico 


O romantismo está totalmente presente nesta tendência que valoriza o passado. As formas femininas e trabalhadas dos estilos de época aparecem, trazendo consigo a elegância e o charme dos ambientes antigos. Poltronas Luis XV, lustres, flores em metal, tecidos plissados; inúmeros são os detalhes que reforçam este charme e a felicidade romântica que a tendência enfoca. As flores, e em especial as rosas, têm lugar de destaque na ambientação, e é representada de forma clássica e rica em detalhes, como nos papéis de parede florais dos períodos mais românticos europeus. As cores aparecem em tons suaves, junto ao lavanda e ao cidreira, duas plantas que emprestam suas delicadas cores e aromas, formando um pano de fundo para as flores brancas e rosadas. Os cristais aparecem hora em lustres luxuosos, hora em composições em castiçais em metal, e a presença de espelhos com molduras clássicas, completa o clima. Essa tendência aparece nos quartos, salas de jantar e estar, home cinemas, e vai até os lavabos e cozinhas. Há um resgate do espírito do homem da época do auge do Romantismo, onde eram enfocados temas como o individualismo, o sofrimento amoroso, a religiosidade cristã, a natureza, os temas nacionais e o passado. É feita uma homenagem aos poetas românticos que utilizaram a escrita à mão para o registro de suas obras. A estética do antigo invade o mobiliário, havendo espaço para detalhes que se tornam charmosos, como imperfeições, madeira lascada, estampas falhadas ou a simulação do uso contínuo.

19- Fachada romântica! Marcada pelas cores suaves, flores e molduras clássicas!

20- Na decoração de interiores! Cores claras, estampas e vasos de flores, móveis antigos!

Art Déco


O termo art déco, de origem francesa (abreviação de arts décoratifs), refere-se a um estilo decorativo que se afirma nas artes plásticas, artes aplicadas (design, mobiliário, decoração etc.) e arquitetura no entre guerras europeu. Arte Déco foi um estilo que surgiu na década de 1920 ganhando força nos anos 30 na Europa e na América do Norte e do Sul e que abrangeu a moda, a arquitetura, as artes plásticas, o design gráfico, a tipografia e o design industrial. Essencialmente era um estilo decorativo que combinava luxo, e ornamentação formal, e que apresentava cores discretas, traços sintéticos, formas estilizadas ou geométricas. Muitos designers da Arte Déco rejeitaram os materiais tradicionais (ou industriais) e preferiam materiais nobres — como o ébano, o mármore, a laca e madeiras raras. O que predomina são as linhas retas ou circulares estilizadas, as formas geométricas e o design abstrato. Entre os motivos mais explorados estão os animais e as formas femininas. Nesse sentido, é possível afirmar que o estilo "clean e puro" art déco dirige-se ao moderno e às vanguardas do começo do século XX, beneficiando-se de suas contribuições. Um rápido passeio pela cidade do Rio de Janeiro pode ser tomado como exemplo da difusão do art déco, impresso em vitrais, escadarias, decoração de calçamentos e letreiros. O interior da sorveteria Cavé, no centro da cidade, o Teatro Carlos Gomes, na praça Tiradentes, a Central do Brasil, entre muitos outros, revelam as marcas e motivos art déco.

21- Fachada art déco! Marcada pelos vitrais, cores discretas e formas geométricas e cheias de estilo.

22- Na decoração de interiores! Motivo de animais voltado para o requinte do século XX.

Estilo Provençal


É o rústico romântico. Estilo romântico caracterizado por cores suaves, estampas florais e mobiliário clássico com acabamentos rústicos. Originado na região de Provença, sul da França, uma região de vida tranquila, cercada de campos de lavanda, montanhas e paisagens iluminadas pelo sol que serviram de inspiração a artistas como Van Gogh, Paul Gauguin e Henri Matisse, se tornou tendência na decoração de interiores. O estilo Provençal surgiu século no XVIII, pelas mãos de camponeses franceses que buscavam ter em casa os mesmos ares da realeza. Com muita criatividade e pouco dinheiro, artesãos recriavam as peças do mobiliário real com madeira clara e barata. No lugar de acabamentos suntuosos, cores suaves, toques levemente desgastados e entalhes mais simples e rústicos. Em meados do século 20 houve o ressurgimento do estilo. Várias peças foram reeditadas e, hoje, a decoração segue os passos daqueles camponeses: Quanto mais rústica a pintura feita nos móveis, mais bonito e original fica. Marcado pela harmonização de cores em tons suaves de azul, verde, lavanda e rosa em estampadas de flores, listras, xadrez e Toile de Jouy, a mais típica estampa deste estilo, que retrata cenas cotidianas em uma só cor. Atualmente, o estilo francês é sinônimo de sofisticação e combina com qualquer tipo de decoração, da mais moderna à tradicional. As condições geográficas do sul da França se aproximam do Brasil pela exuberância da natureza e, justifica a opção da escolha, principalmente em projetos de praia ou campo. O estilo vindo da Provence mostra-se preferido para os quartos, sobretudo de bebês, por suas cores e detalhes suaves e românticos.

23- Fachada provençal! Típica casa na região de Provença. Cores suaves e campos de lavanda e montanhas!

24- Na decoração de interiores! Cores suaves, madeiras claras e vasinho de lavanda!

Estilo Escandinavo


É muito comum, nesse estilo, vermos os pisos pintados de branco. Pisos de madeira, quase sempre. É um detalhe que faz com que seu ambiente aumente, fique mais claro, iluminado e arejado. É o mesmo princípio de paredes pintadas com cores claras, que fazem o quarto parecer maior. Mas é obvio que nem sempre os pisos são branquinhos, uma madeira clara, com acabamento suave também cumpre esse papel muito bem. Outro detalhe que faz o estilo tão especial é o seu layout. Os ambientes são abertos, poucas paredes e divisões. Normalmente os quartos são espaçosos e possuem grandes janelas. Mas é claro que nem todo mundo tem espaço de sobra. Quando o quarto for pequeno, as cores claras e suaves e a decoração simples vão ajudar na sensação de espaço e arejamento. As grandes janelas são a assinatura do estilo escandinavo. Deixar a luz entrar abre o seu espaço. Claraboias também são muito bem vindas! No caso dos interiores escandinavos, você deve evitar madeiras escuras como imbuia ou mogno, por exemplo. Ao invés disso, use as cores claras, pois elas complementam lindamente o resto do ambiente. A mobília se destaca, mesmo tendo um impacto visual sutil com a decoração suave. Objetos artesanais sempre dão personalidade à decoração de maneira muito simples e criativa. Você pode usar todo tipo de artesanato que vier à mente, patchwork, ponto-cruz, tricô, crochê, as opções são infinitas, basta criatividade. Plantas naturais sempre trazem alegria ao ambiente. Sejam elas flores ou folhagens, o importante é que sejam naturais, pois, assim, ajuda um pouquinho na renovação do ar da sua casa.

25- Fachada escandinava! Cores claras, de madeira e janelas grandes!

26-  Na decoração de interiores! Tudo branco, piso de madeira, janelas grandes permitindo a entrada de muita luz natural e objetos discretos.

Estilo Vitoriano


O luxuoso e belo design de interiores em estilo Vitoriano começou em 1837, quando a rainha Victoria da Inglaterra foi colocado no trono. A rainha governou entre 1837 e 1901 e durante esses período ela deixou sua impressão sobre design de interiores por causa de seu gosto excessivo por ornamentos, móveis e paredes. Se um quarto foi decorado com móveis de mal gosto foi considerado que a família não era rica. Na era vitoriana os quartos das pessoas com altos cargos tinha um monte de móveis e enfeites, tudo muito caro e raro. Ainda hoje muitas pessoas não podem pagar para decorar sua casa em estilo vitoriano. Os móveis para um estilo vitoriano a decoração tem que ser com ornamentados pesados e a madeira tem que ser de cor escura. Os sofás e as cadeiras são feitas de tecidos muito caros ou de couro muito fino. As mesas de jantar são muito pesadas, grandes e às vezes tem mármore sobre eles, mármore, sendo um elemento específico para o estilo vitoriano. As camas do quarto são muito grandes e têm uma estrutura de madeira pesada. As janelas específicas para o estilo vitoriano tem que ser feito de vidro inoxidável e decorado com cortinas pesadas. As cortinas são geralmente feitos de veludo ou seda. Na maioria das vezes as cortinas são mantidos no lugar com a ajuda de alguns borlas e de cordão. Sob as cortinas às vezes você pode ver uma camada de renda que lhe dá a privacidade que você precisa durante o dia. As cortinas vitorianas são geralmente em profundas cores escuras, como vermelho, verde e dourado. No estilo vitoriano a decoração das paredes são de luxo também. Muitas vezes é possível ver nas paredes enfeites e acabamentos de pintura decorativa. As cores mais usadas nas paredes são: ouro, verde, azul e marrom. Com a ajuda de stencils que você pode fazer um projeto específico para o estilo vitoriano. Muitas pessoas não se preocupam em pintar as paredes, só adicionar papel de parede com um design elaborado.
Este estilo tem um monte de acessórios ao redor da sala tanto quanto você puder adicionar. Você pode começar com flores e seguir em frente com livros e pinturas. Você também pode adicionar porcelana fina, álbuns de fotos antigas e velhos mapas nas paredes.

27- Fachada vitoriana! Assimétricas, janelas de guilhotina e colunas torneadas.

28- Na decoração de interiores! Cor verde, dourado, muito luxo e requinte!

Estilo Lúdico


O lúdico refere-se a uma dimensão humana que evoca os sentimentos de liberdade e espontaneidade de ação. Abrange atividades despretensiosas, descontraídas e desobrigadas de toda e qualquer espécie de intencionalidade ou vontade alheia. É livre de pressões e avaliações. Quartos lúdicos são uma tendência mundial. A cada dia que passa, mais pais optam por quartos com menos tons pastéis e apostam em uma decoração mais lúdica com mobiliário fora do convencional. Uma ótima dica é procurar móveis que possam ser remodulados à medida que a criança cresce. Para criar um ambiente lúdico o mais importante é estimular a criatividade com o máximo de conforto e segurança. Sempre abuse das tintas alegres e das cores dos papéis de parede!

29- Fachada lúdica! Escadas imitando ossos de dinossauro! Tudo estimulando a criatividade!!

30- Na decoração de interiores! Paredes pintadas de preto ou verde escuro, se tornando um quadro negro para anotações e desenhos!

Estilo Clean


O estilo Clean é um princípio de decoração contemporânea, ditado pela ausência de elementos ornamentais ou supérfluos, limpeza nas formas e pureza de linhas. Além de conferir ar moderno, proporciona liberdade, mais espaço para circular e sensação de frescor. A decoração clean deve ser feita com muita simplicidade, não esquecendo do bom gosto. Aposte em paredes brancas, com cores claras ou em tons pastéis, pisos de madeira clara, mesas de vidro, poucos móveis organizados de forma prática e confortável, móveis de linhas retas e de cores suaves, e ainda pode acrescentar pequenos detalhes de cores mais fortes para alegrar e deixar um ar jovem e sofisticado no ambiente. Uma ótima dica para manter a sofisticação de uma elegância discreta na decoração clean, é combinar branco com madeira e toques dourados. Assim, terá uma décor à prova de erros! Tire o máximo proveito da luminosidade natural dos ambientes abusando de cores claras, assim seu ambiente parecerá ainda maior. Para quebrar a monotonia do branco, aposte em luminárias e almofadas com toques de cor e vasos de plantas pequenos distribuídos de forma equilibrada pelo ambiente. Com relação às plantas, prefira as de folhagem verde e sem flores. Outra dica é utilizar paredes com tonalidades diferentes, mas seguindo a cartela de cores claras de tom sobre tom. Fica muito interessante escolher uma das paredes e jogar um tom mais escuro em relação às paredes restantes do mesmo ambiente. Porta- retratos tradicionais também se encaixam em uma decoração clean. Quadros são bem-vindos, desde que em pouca quantidade e com pintura marcante. E para finalizar, carpetes e tapetes de cores claras, além de serem delimitadores de ambientes, ajudam a trazer aconchego em ambientes com decoração clean. "Clean" quer dizer "limpo". Partindo desse princípio, tem quem não veja como um "estilo" e sim como uma "composição" limpa. Não como uma cor, a branca no caso, mas como um modo de adequar os móveis e objetos ao ambiente tornando-os agradáveis aos olhos de quem vive e visita. Com isso pode-se ter um ambiente estilo rústico mas clean. Tem quem entenda que um ambiente clean quer dizer: sem muitos apetrechos, sem muitos rococós, sem muitos móveis, apenas o necessário não importando o estilo que se use. Nem demais, nem de menos!

31- Fachada clean! Linhas retas, muitos vidros, cor branca e detalhes em pedra escura! Idêntico ao contemporâneo!

32- Na decoração de interiores! Ambiente claro, limpo, muitos vidros e iluminação natural, móveis, tapetes e piso claros, detalhes coloridos, diferente do estilo contemporâneo que pode ser usado tapetes e móveis escuros!

Gostaram?

Meus estilos predominantes é o clean, moderno e o contemporâneo! 
Gosto de paredes e móveis claros, alguns móveis escuros, e o colorido apenas nos objetos de decoração.
E meus estilos secundários, apenas pequenos toques do moderno, vintage, romântico, minimalista e rústico!
. Pois na cozinha e na lavanderia gosto de eletrodomésticos modernos em inox, no meu quarto uma penteadeira vintage, como romântico uma colcha floreada ou colorida, lustre ou pendente de cristais na mesa de jantar, nas arandelas do hall e do lavabo, como minimalista espelhos, mármore e granito, e na sacada móveis rústicos de vime.

E vocês?


Que tal fazer um Curso de Decoração?


41 comentários:

  1. Esse blog é uma delicia, adoroooooo......estou ficando viciada !!!! rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri!
      Que bom que está gostando!!!
      Para mim está sendo uma terapia, rsrs
      Beijos!

      Excluir
  2. Mais um post de muita informação útil!!!
    Parabéns, Grazi!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Obrigada!!
      Tudo para nos deixar antenadinha, rsrs
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Grazi, eu gosto de misturar os estilos, contemporâneo com clássico e se a decoração permitir uma pitada de rústico!bjsss e um excelente final de semana, com muito amor e felicidade!Dani
    http://minhaminimansao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Fica lindo!!!
      Ótimo finde pra você também...
      Beijão!

      Excluir
  4. Nossa Grazi, tu sempre arrasa nos posts, adorei.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi Grazi, eu gosto do clean contemporãneo...mas acho um charme um toque de rústico como essas poltronas que você colocou na foto. Como boa aquariana, não curto o vintage-retrô..curto a modernidade!

    beijosss

    Gabi

    ondeagenteseesconde.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      Fica um charme mesmo essas poltronas!!!
      Também não sou fã do vintage, retrô e cores fortes, por mais lindos que são, porque me passa uma energia muito deprê... já visitar uma casa com essa decor é uma coisa, conviver com ela é outra! Por isso o estilo fala diretamente com nossa personalidade!!
      Beijão!

      Excluir
  6. Adorei o seu blog Grazi. Muito bom gosto. Já está nos favoritos. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Fico feliz que tenha gostado!!
      Seja muito bem-vinda!!!
      Você também tem blog?
      Beijão!

      Excluir
  7. Meu estilo é uma mistura de clássico, retrô, vintage e romântico!
    amei as definições dos estilos!
    é sempre bom a gente saber denominar as coisas que gostamos na arquitetura e decoração!
    beijosss

    "A casa da Mi"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Que bom que gostou!!
      É bom sim, porque identificamos bem nossos gostos, mas não sabemos definir a que estilo pertence... eu estava precisando fazer esse post para me localizar, rsrs
      Beijão!

      Excluir
  8. Grazi, vc esqueceu de colocar, "Estilo: O Q Cabe No Bolso" rsssss
    Então amiga, eu nunca e apeguei nisso, mas claro olhava as revistas, sites, Blogs e meus zóinhos brilhavam qdo viam alguma sala clean, neutra, móveis retos, tons beges...agora lendo toda essa definição, acho q meu gosto predominante é o contemporâneo, com pitadas de vários outros...mas linhas retas, tons pastéis e cleans, me encantam! Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ka!
      Ixi, esqueci do estilo mais utilizado!! rsrs
      Nosso estilo combina muito!!! Amo a decor do seu apê!!
      Beijão!

      Excluir
  9. Grazi obrigada pela visita no meu blog. Tanto estilos né? Todos me agradariam, fiquei encantada.
    Abraços querida.
    Kerlei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kerlei!
      Muitos mesmo! Que bom que gostou!!
      Beijão!

      Excluir
  10. Oi! Você esta me ajudando muito... de verdade! não sabe o quanto! Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ka!
      Que ótimo!!!
      Fico feliz em saber :D
      Beijos!

      Excluir
  11. Gostei muito! :-) Parece que somos diferentes nos estilos mas com imensa coisa em comum. A começar pela natureza do blog (apesar de o meu ainda estar em ensaio e não ter sido mostrado a público). Aqui partilho, então, o meu estilo:

    http://www.casadecamponacidade.blogspot.pt/2013/04/uma-questao-de-estilos.html

    Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja muito bem-vinda!!!
      Importa que temos o gosto em comum de gostar de decoração! rsrs
      Obrigada por partilhar seu blog comigo!!
      Beijos!

      Excluir
  12. amo seu blog, ele tem me ajudado muito na minha construção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho!!!
      Fico feliz em saber :)
      Beijos!

      Excluir
  13. Olá Grazi, estou começando o projeto da minha casa e sempre acabo entrando no seu blog pra me trazer algum conforto..rsrs..me identifico muito com seu estilo clean, também quero uma casa assim mas estou com dificuldades para conseguir uma fachada do meu gosto. Os arquitetos não estão entendendo o que eu quero, apesar de já ter explicado vários pontos e ter mostrado várias fotos. Tens alguma dica? Obrigada e parabéns pelo sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daia!
      Seja muito bem-vinda!!!
      Obrigada! Fico feliz em saber que está gostando do blog :)
      Acho que os arquitetos que você procurou não são bons profissionais, porque como não conseguem fazer como você quer ainda mais vendo imagens semelhantes!! Faz como eu fiz, visitei vários e pedia o estudo de projeto gratuito até conseguir do jeito que eu queria! Porque tem profissionais que seguem mais um estilo do que outro, dai não conseguem mesmo desenvolver algo diferente... por isso acho importante você procurar um bom arquiteto e ver com ele os projetos que ele já fez, assim você percebe na hora que estilo ele segue! E já diz os traços que quer, por exemplo uma casa quadrada, linhas retas, com telhado escondido, muitos vidros, com mezanino e pé direito duplo...
      Sucesso!!
      Beijos!

      Excluir
  14. muito legal os estilos de casas, eu amei o estilo minimalista e o clean, muito lindos.

    ResponderExcluir
  15. descobri o blog outro dia e me apaixonei...todos os dias dou uma espiadinha...

    ResponderExcluir
  16. ...Estava criando os primeiros esboços de um ambiente retrô, quando encontrei seu blog. Gostei muito do que você colocou aqui. Parabéns Grazi, você é muito profissional! Gostaria de compartilhar algumas matérias suas sobre ambientes, no meu facebook, onde o foco é a criação de ambientes personalizados.
    Foi um prazer. Até breve.
    Claudio Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudio!
      Que bom que gostou das inspirações!!!
      Fique a vontade para compartilhar!!
      Abraços!

      Excluir
  17. Post m.a.r.a.v.i.l.h.o.s.o!!!! Era exatamente o q eu procurava!!!! Obrigada... e parabéns pelo seu trabalho!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Raquel!!!
      Fico feliz que tenha gostado :)
      Beijos!

      Excluir
  18. Olá grazi.........
    O meu estilo é retrô e vintage....
    amei os post atém mais....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. * acesse:http://jaquevirtual.blogspot.com/.........
      Conheci o seu blog e acabei viciada nele,gosto de ver decoração,parabéns pelo o blog e até mais....

      Excluir
    2. Oi Jaque!
      É um estilo com muita personalidade!! :)
      Que bom saber! Obrigada!!!
      Beijos!

      Excluir
  19. Muito bom. Esses são todos os estilos q existem ou vc do citou alguns?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Je!
      Obrigada... existem sim outros estilos, mas considero esses os mais usados e conhecidos.

      Excluir


NÃO ALTERE NEM MOVA ESTE GADGET!



Custom Search
Pin It button on image hover